Pensa em morar na Suíça? Saiba o que é preciso para se mudar ou visitar o país

Os brasileiros e as exigências de visto para o turismo e residência na Suíça

Por Plox

10/05/2024 17h20 - Atualizado há cerca de 1 mês

A Suíça, reconhecida mundialmente por seus chocolates de alta qualidade, é um destino popular entre os brasileiros, seja para turismo ou para estabelecer residência. Com isso, surgem dúvidas sobre a necessidade de visto para entrar no país. Para turistas brasileiros, a boa notícia é que não é necessário visto para estadias de até 90 dias dentro de um período de 180 dias. Contudo, para aqueles que desejam morar na Suíça, a situação muda completamente, com várias exigências burocráticas que precisam ser cumpridas.

Foto: reprodução/ Pixabay

Isenção de visto para turistas

Para viagens de curta duração, os brasileiros podem entrar na Suíça sem visto, graças às normas do espaço Schengen. Entretanto, é essencial portar alguns documentos durante a viagem, como passagem de volta, comprovante de meios financeiros suficientes, reservas de hotel ou uma carta convite, seguro de viagem e um passaporte válido.

Documentação necessária para diferentes tipos de visto

Visto para estadias superiores a 90 dias: Se você planeja ficar na Suíça por mais de três meses, seja para estudos, reunificação familiar ou até mesmo casamento, será necessário solicitar o visto nacional D. Esse processo começa com o preenchimento de um formulário específico e pode levar entre dois a quatro meses para ser concluído, com custos que podem chegar a 426 reais, sem reembolso em caso de negativa.

Visto para estudos: Estudantes devem providenciar uma série de documentos, como fotos, cópias do passaporte, comprovante de matrícula, carta de motivação, comprovante de renda e outros, para garantir sua estadia para fins educacionais.

Visto para reunificação familiar: Esse visto permite que estrangeiros se juntem a um cônjuge suíço, requerendo apresentação de documentos como fotos, passaporte válido, comprovantes do casamento e antecedentes criminais, entre outros. Este visto é gratuito.

Visto para trabalho: Destinado a profissionais que ocuparão cargos de liderança ou que possuem habilidades altamente especializadas. Além do contrato ou promessa de emprego, são necessárias fotos, passaporte válido e comprovante de pagamento das taxas.

Cidadania europeia e residência na Suíça

Indivíduos com cidadania europeia têm o privilégio de residir na Suíça sem necessidade de visto, beneficiando-se da livre circulação permitida entre os países da UE e a Suíça. Além disso, a cidadania europeia traz outras vantagens como maior facilidade de imigração para outros países europeus, acesso a empregos e educação no continente, entre outros.

Em resumo, enquanto turistas brasileiros podem desfrutar da Suíça sem necessidade de visto por até 90 dias, aqueles que planejam estender sua estadia precisam navegar por um processo burocrático mais complexo, dependendo de seu propósito de estadia no país.

Destaques