Suspensão temporária do Brasileirão é solicitada devido às enchentes no RS

Ministro André Fufuca apela à CBF para pausar o torneio em resposta à grave situação no Rio Grande do Sul

Por Plox

10/05/2024 15h29 - Atualizado há cerca de 1 mês

O Ministro do Esporte, André Fufuca, encaminhou nesta sexta-feira (10) um ofício à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) propondo a suspensão temporária do Campeonato Brasileiro. A medida é uma resposta ao estado de calamidade pública causado por chuvas intensas e inundações que têm devastado o Rio Grande do Sul.

Foto: reprodução/ Instagram

A região vem enfrentando uma série de tempestades severas que provocaram significativos danos e tragédias. Até o momento, foram confirmadas 116 mortes, além de 143 pessoas desaparecidas e 756 feridas devido ao desastre natural.

No documento, Fufuca elencou cinco razões que justificam a interrupção do campeonato, destacando que a situação vai além da infraestrutura esportiva, afetando diretamente a segurança e bem-estar da população local. "A solicitação se faz necessária não apenas pelos estádios, campos de treinamento e locais físicos relacionados ao esporte, mas por todas as pessoas, familiares e seus entes que estão dedicando-se à sobrevivência e reconstrução de suas vidas e lares", destacou o Ministro.

Em resposta, durante um evento de convocação da Seleção Brasileira para a Copa América, o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, comentou que qualquer decisão sobre a continuação do Brasileirão será discutida coletivamente com o conselho técnico e os representantes dos clubes de todas as divisões. A situação é delicada e requer uma análise profunda sobre os próximos passos a serem tomados em relação ao calendário do futebol nacional.

 

 

 

Destaques