Pai e filha são achados mortos em apartamento

10/06/2019 12:12

A suspeita é de que as mortes tenham sido causadas pela inalação de um aquecedor

Publicidade

Na noite do último sábado (8), um empresário de 55 anos e sua filha, uma menina de 8 anos, foram encontrados mortos no apartamento dele, em Campos do Jordão (SP). A suspeita é de que as mortes tenham sido causadas pela inalação de um aquecedor. 

A perícia esteve no local e vai produzir um laudo em até 30 dias. Segundo informações dadas pelo Corpo de Bombeiros, a ocorrência foi por volta das 19h, quando eles foram acionados por uma funcionária do empresário que, sem conseguir contato com ele, foi até o apartamento em um condomínio no Alto da Boa Vista. Ela acionou o serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao encontrar pai e filha desacordados em cômodos diferentes.

Empresário Luiz Manoel Vasconcelos era dono de uma loja de artigos em couro — Foto: Arquivo pessoalEmpresário Luiz Manoel Vasconcelos era dono de uma loja de artigos em couro — Foto: Arquivo pessoal

Os médicos constataram o óbito. No apartamento, os bombeiros encontraram um botijão de gás (GLP) acoplado a um aquecedor de ambiente. O local foi ventilado e o botijão recolhido.

Com os pais separados, a menina passava o sábado com o pai. A Polícia Civil registrou a ocorrência como morte suspeita. Não havia sinais de arrombamento no apartamento ou qualquer indício de violência nos corpos.



Publicidade