Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Coronel Fabriciano confirma 1º óbito com COVID-19 no município

    Por Plox

    10/06/2020 22h16 - Atualizado há cerca de 2 anos

    A Prefeitura Municipal de Coronel Fabriciano (PMCF) confirmou nesta quarta-feira (10) a primeira morte de um paciente com COVID-19. O paciente, um homem de 63 anos, morreu nessa terça-feira (9), no Hospital Metropolitano Unimed (HMU), em Coronel Fabriciano-MG. 

    De acordo com o hospital, o paciente deu entrada no hospital no último sábado (6), com “quadro sugestivo de pneumonia viral e Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)”. 

    Ainda de acordo com o hospital, o homem estava em tratamento para doença oncológica em estágio avançado. A PMCF, por meio de nota, disse também que o paciente era diabético e cardiopata. 

    Na nota enviada ao PLOX na tarde desta quarta-feira, a Unimed reforçou que “prestou toda a assistência necessária ao beneficiário, seguindo os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde” e informou que atuou de acordo com com os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde e em decorrência do quadro clínico.

    Na noite desta quarta-feira, a prefeitura do município confirmou que o paciente realmente foi acometido pela doença.

    Confiras as notas na íntegra:

    Nota da Prefeitura de Coronel Fabriciano enviada na noite dessa quarta-feira:

    Nota à imprensa

    A Prefeitura de Coronel Fabriciano por meio da secretaria de governança da saúde, informa que foi registrado o 1º óbito por Covid-19 no município. A vítima, um homem de 63 anos, era diabético e cardiopata estava internado no Hospital Metropolitano da Unimed. Aos familiares o nosso pesar.  

    Prefeitura de Coronel Fabriciano

    Nota da Unimed enviada na tarde dessa quarta-feira:

    A Unimed Vale do Aço comunica o falecimento de um homem de 63 anos. O paciente deu entrada no Hospital Metropolitano Unimed (HMU) no dia 06/06/20 e foi internado na UTI da Unidade de Cuidados Especiais para pacientes suspeitos de COVID-19, com quadro sugestivo de pneumonia viral e Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), vindo a óbito nesta terça-feira (09/06/2020). Como comorbidade, ele estava em tratamento para doença oncológica em estágio avançado.

    A Unimed Vale do Aço reforça que prestou toda a assistência necessária ao beneficiário, seguindo os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Em decorrência do quadro clínico sugestivo, é necessário constar no obituário a suspeita de COVID-19. Aguardaremos os resultados dos exames para confirmar ou afastar o diagnóstico.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]