Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Passageiro é preso por importunação sexual dentro de ônibus em Ipatinga

    Mulher disse que o homem a perseguiu dentro do coletivo, passou a mão em sua cintura e tentou agarrar-lhe

    Por Plox

    10/06/2022 14h06 - Atualizado há 24 dias

    Um homem de 44 anos foi preso no fim da tarde dessa quinta-feira (9) pelo ato de importunação sexual contra uma mulher, de 43 anos. Segundo a vítima, o homem sentou-se ao seu lado em um ônibus, puxou seu cabelo, passou as mãos em sua cintura e tentou agarrar-lhe. O caso ocorreu em um coletivo da empresa Univale, linha Ipatinga/Industrial, na avenida Selim José de Sales, no bairro Canaã.

    Quando os militares chegaram ao local, depararam com o homem sentado em um banco, sendo contido por outros passageiros e a vítima estava sentada em outro banco, bastante assustada.

    A mulher relatou aos policiais que embarcou no ônibus sentido bairro Canaã e inclusive estava com um monte de sacolas de compra, o que até dificultava a locomoção dela dentro do coletivo. Ao passar pelo Centro, no ponto próximo à Caixa Econômica, o homem embarcou e aproximou-se dela. Ao perceber que o indivíduo estava com hálito etílico, ela preferiu trocar de assento, indo para outro local. No entanto, o homem a seguiu até esse novo assento e sentou-se ao seu lado novamente.

    A vítima percebeu que seu cabelo estava sendo puxado por várias vezes, mas achou que seria por conta do movimento do ônibus. Em dado momento, próximo ao bairro Canaã, o homem começou a passar a mão na cintura dela. Ela o advertiu, tendo ele tentado agarrar-lhe pela cintura. Assustada, ela gritou e saiu correndo até o trocador.

    Nesse momento, os funcionários da empresa decidiram parar o ônibus e conter o autor para providência policial. Na presença da guarnição, o indivíduo desconversou sobre ter feito tal ato. Ele foi preso e conduzido à delegacia.

    A vítima foi orientada a caso ser acionada pela autoridade de Polícia Civil para comparecer à delegacia. Ela foi liberada para sua residência por estar assustada com o ocorrido, tendo comparecido ao local o marido dando-lhe apoio. 
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]