FIFA determina que Cruzeiro perca 6 pontos no Brasileiro

10/07/2019 11:35

Clube perdeu a ação movida pelo Zorya-UCR, por conta de uma dívida na compra do atacante Willian

Publicidade

O Cruzeiro foi punido pela FIFA com a perda de 6 pontos no Campeonato Brasileiro. O motivo da punição no âmbito desportivo é por conta de uma dívida com o Zorya, da Ucrânia, envolvendo o atacante Willian Bigode, hoje no Palmeiras. A Raposa recorreu da decisão ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

Segundo informações, o valor do débito gira em torno de R$ 6 milhões e, de acordo com a decisão da FIFA, deverá ser pago em até 90 dias para evitar a perda de pontos.

Reprodução20150906123808 0Atacante Willian quando ainda vestia a camisa do Cruzeiro.

De acordo com o advogado Breno Tannuri, que representa o Cruzeiro nas ações contra a FIFA, no momento não há chances de punição. “A informação que tenho da Fifa, de ontem, é que não há punição. Nós apelamos para a Corte Arbitral. Temos direito de ir até a última instância antes de sofrer qualquer tipo de punição - disse Tannuri, explicando também que o processo no TAS deve demorar de oito a dez meses”, afirmou ao site globoesporte.

O clube divulgou uma nota pela manhã e confirmou a derrota na FIFA e informou que recorreu ao TAS.

Veja a nota do Cruzeiro:

"Sobre a contratação do Willian, Cruzeiro perdeu em primeira instância na Fifa, já entrou com recurso através do advogado Breno Tannuri, ganhou a liminar e até que haja novo julgamento e se mantenha a punição não há risco de perda de pontos. Perdendo a causa, o Cruzeiro paga o que será estabelecido e não sofre punição desportiva".
 



Publicidade