Morte de torcedora em confronto de fãs choca o futebol brasileiro

A jovem passou por uma cirurgia e lutou bravamente pela vida, mas não resistiu após duas paradas cardíacas.

Por Plox

10/07/2023 12h28 - Atualizado há cerca de 1 ano

No duelo ocorrido entre as equipes de futebol Palmeiras e Flamengo, uma torcedora palmeirense, Gabriela Anelli, de 23 anos, foi vítima fatal de uma rixa entre os fãs dos dois times. A confusão, que aconteceu nos arredores do estádio Allianz Parque, na noite de sábado (8), teve seu desfecho mais dramático na segunda-feira (10), quando Gabriela faleceu.

 

Foto: Reprodução redes sociais

Ferimento fatal

Em meio ao confronto, Gabriela foi atingida no pescoço por estilhaços de vidro, causando um ferimento grave. Levada imediatamente para a Santa Casa de São Paulo, a jovem passou por uma cirurgia e lutou bravamente pela vida, mas não resistiu após duas paradas cardíacas.

Repercussão Familiar

Fernando Marchiato, irmão de Gabriela, expressou seu luto nas redes sociais. Com palavras de saudade e incredulidade, ele agradeceu pelo apoio e orações destinados à irmã, e pediu que ela olhasse pela família a partir do céu.

Outra familiar, Mariana Anelli, prima de Gabriela, também manifestou sua dor publicamente. Em uma postagem, Mariana associou a tragédia à intolerância existente entre alguns fãs de futebol, lamentando a perda da prima nas vésperas de uma festa familiar que ocorreria em 12 dias.

Reações do clube e dos jogadores

O clube Palmeiras, bem como seus jogadores, manifestaram publicamente suas condolências aos familiares de Gabriela, expressando pesar pela trágica perda.

Suspeito detido

Na busca por justiça, a Polícia Militar agiu rapidamente e deteve Leonardo Felipe Xavier Santiago, torcedor do Flamengo. Santiago é suspeito de atirar a garrafa que causou o incidente fatal.

Destaques