Tragédia em jardim de infância na China: Homem assassina seis pessoas a facadas

Entre as sete vítimas estão "um professor, dois pais e três alunos"; agressor foi detido

Por Plox

10/07/2023 08h59 - Atualizado há cerca de 1 ano

O trágico incidente se deu às 7h40 locais. "O incidente foi um esfaqueamento", declarou um porta-voz da polícia de Lianjiang, em clara referência ao fato de que a China proíbe a posse de armas de fogo, mas que, no entanto, tem enfrentado um aumento nos ataques com facas nos últimos anos.

 

 Foto: Twitter/reprodção/@_Inty_

Ataques com Faca: um Problema Crescente

Este incidente não é isolado. O país tem testemunhado uma série de ataques com facas, inclusive em escolas, levando as autoridades a reforçar a segurança.

Em agosto de 2022, um ataque semelhante em um jardim de infância na província de Jiangxi resultou em três mortes e seis feridos. Anteriormente, em abril de 2021, um homem armado com uma faca atacou um jardim de infância em Beiliu, no sul do país, matando duas pessoas e deixando 16 feridas.

Reforço da Segurança

Face a esses ataques com armas brancas, as autoridades estão implementando medidas mais rigorosas para garantir a segurança nas escolas e outros locais públicos.

As informações sobre o incidente em Lianjiang ainda estão sendo atualizadas e as autoridades chinesas estão investigando a motivação por trás do ataque brutal.

Os incidentes recentes têm gerado uma discussão ampla sobre a eficácia das restrições de armas na China e a necessidade de mais ações para prevenir tais ataques. 

Destaques