"Waze do Pipoco" auxilia cariocas e turistas durante confrontos no Rio

Aplicativo mapeia tiroteios e ajuda a evitar áreas de risco

Por Plox

10/07/2024 18h04 - Atualizado há 11 dias

Um aplicativo dedicado a mapear disparos de armas de fogo, o Fogo Cruzado, também conhecido como “Waze do Pipoco”, tem ganhado popularidade entre os moradores e turistas do Rio de Janeiro. Nesta sexta-feira (22/9), o uso da ferramenta se intensificou devido ao quinto dia consecutivo de intensos confrontos na favela da Rocinha, a maior do mundo com 69.356 habitantes.

waze

Como funciona o Fogo Cruzado

Disponível gratuitamente na Playstore, o aplicativo utiliza GPS para indicar pontos de registro de tiroteios. Os usuários colaboram para atualizar o mapa, informando locais onde há disparos de armas de fogo. Ao fazer um registro, é possível classificar a situação como ato violento com arma de fogo (como roubos ou homicídios) ou troca de tiros, fornecendo também a fonte da informação, data e localização. Esse sistema colaborativo e os filtros ajudam a prevenir a disseminação de notícias falsas.

Favelas afetadas pelos tiroteios

Nesta sexta-feira, além da Rocinha, outras sete favelas apresentaram registros de tiroteios no “Waze do Pipoco”. As comunidades afetadas incluem Alemão, Dona Marta, Vila Kennedy, Chapéu Mangueira, Maré, Jorge Turco e Palmirinha. A situação de violência tem gerado grande preocupação entre os moradores e visitantes.

Intervenção do Exército na Rocinha

Diante da escalada dos confrontos, o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, solicitou a intervenção do Exército na Rocinha. A resposta do governo foi imediata, com tropas federais sendo destacadas para cercar a comunidade ainda nesta sexta-feira. O objetivo é tentar controlar a situação e reduzir a violência na região.

A Polícia Militar do Rio de Janeiro também reforçou o pedido para que a população evite divulgar notícias falsas sobre a violência nas redes sociais, buscando manter a integridade das informações circuladas e garantir a segurança de todos.

 

 

 

 

Destaques