Acusado de homicídio, cunhado de Ana Hickmann é absolvido

10/09/2019 15:05

Gustavo Correia tenta há anos provar que agiu em legítima defesa

Publicidade

Gustavo Henrique Belo Correia, cunhado da apresentadora Ana Hickmann foi absolvido da acusação de homicídio doloso (quando existe a intenção de matar). A sentença foi dada nesta tarde de terça-feira, 10 de setembro, após julgamento na sede do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). 

Em maio de 2016, Rodrigo de Pádua, que era fã da apresentadora, invadiu o quarto do hotel em que ela estava em Belo Horizonte e tentou matá-la. Para salvar a cunhada, depois de entrar em luta corporal com o invasor, Gustavo efetuou três disparos na nuca de Rodrigo, o levando a óbito e também ficou ferido com um tiro.Gustavo Henrique Belo Correia compareceu ao TJMG acompanhado de seu advogado (foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press)

Gustavo e o advogado na saída do Tribunal de Justiça mineiro-Foto: Divulgação

Um ano depois do caso, por considerar que Gustavo agiu em legítima defesa, o 2º Tribunal do Júri da capital, o absolveu. Já no ano seguinte, 2018, a promotoria recorreu da decisão. Houve denúncia por parte do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por homicídio doloso, mas entendendo que o cunhado da famosa atuou em legítima defesa, o processo acabou sendo arquivado pelo delegado Flávio Grossi, que cuidou do caso. 

Em entrevista à Rede TV, no mês passado, a apresentadora afirmou que aguardava com ansiedade pela data de hoje, quando o cunhado iria a julgamento: “O que aconteceu lá é o que a gente já deixou bem claro: a gente foi defender a própria vida. Espero muito que depois do dia 10 de setembro tudo se acabe, de uma vez por todas”. Ela ainda desabafou, na ocasião: “É impossível apagar da memória quando alguém põe um cano na sua cara e ainda atira contra você. É muito difícil passar por isso tudo: a pessoa que você tanto ama da sua família quase morrendo no hospital por um tiro que levou por você, e outra pessoa da sua família sendo acusada por ter defendido todo mundo. Essa marca, essa mancha, essa ferida acho que nunca vai ser apagada, nunca”, completou a loira.

Atualizada às 16h32



Publicidade