Plox te leva para conhecer a tranquilidade de São Pedro do Jequitinhonha

10/12/2019 15:11

Para se chegar no local, um distrito da cidade Jequitinhonha,  é preciso atravessar o rio de balsa

No último fim de semana, o Plox esteve em São Pedro do Jequitinhonha, distrito de Jequitinhonha, às margens do rio que leva o mesmo nome,  na região nordeste de Minas Gerais.

O local pacato, de gente hospitaleira, guarda ainda a arquitetura antiga das casas coloniais, com portas e janelas a beira das calçadas.

 

são-pedro-2Praça central do distrito. Foto: Lúcio Antônio/Plox

 

Um dos pontos de encontro, a praça do mercado, é onde acontecem as comemorações da cidade, como a festa de São Pedro, padroeiro do distrito e a festa de São Sebastião.

Com fogos, foguetes e muita alegria, as comemorações atraem pessoas de outras cidades e até mesmo de outros estados, que aproveitam a data para voltar ao lugarejo e rever familiares e amigos.

 

 

são-pedro-4

 

Antigo mercado municipal. Foto: Lúcio Antônio/Plox

 

Para chegar ao lugarejo, tem que atravessar de balsa o Rio Jequitinhonha, algo pouco visto nos dias de hoje.

Com pequenos comércios e vendas, o distrito guarda ainda muita tranquilidade durante o dia e também à noite, sem barulho de ônibus, caminhões e carros, deixando o local propício para descanso e relaxamento.

 

 

são-pedro-3

Local ainda guarda a arquitetura das casas coloniais. Foto: Lúcio Antônio/Plox

Então, São Pedro de Jequitinhonha mantém algumas virtudes raras nos dias de hoje.  Com cerca de 1.600 habitantes, as pessoas conversam calmamente nas calçadas, vizinhos se conhecem e são amigos.  

 

 

são-pedro

Igreja do distrito. Foto: Lúcio Antônio/Plox

 

são-pedro-5

 

Para chegar ao distrito, é preciso atravessar o rio Jequitinhonha de balsa. Foto: Lúcio Antônio/Plox

 

 

 

são-pedro-6

Foto: Lúcio Antônio/Plox