Usiminas é bicampeã do Prêmio Líderes do Brasil

10/12/2019 16:40

A premiação, em sua nona edição, reconhece lideranças que contribuem para o impulsionamento e o dinamismo da economia

Em cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, a Usiminas foi eleita a vencedora do prêmio Líderes do Brasil, na categoria Mineração e Metalurgia. O presidente da companhia, Sergio Leite, recebeu o troféu durante o evento, considerado um dos mais relevantes dedicado à gestão empresarial no país e que reuniu ontem (09/12) dezenas de executivos e empresários de todo o Brasil, além do governador de São Paulo, João Doria, do ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas e outras autoridades.

sérgio

O presidente da Usiminas Sérgio Leite, com o governador do estado de São paulo, João Dória. Foto: divulgação/Usiminas
 

A premiação, em sua nona edição, reconhece lideranças que contribuem para o impulsionamento e o dinamismo da economia, mesmo diante de desafios como o baixo crescimento recorrente nos últimos anos. O prêmio é oferecido pelo LIDE – Grupo de Líderes Empresariais, uma organização que reúne executivos de diversos setores de atuação em busca de fortalecer a livre iniciativa do desenvolvimento econômico e social e em defesa dos princípios éticos de governança corporativa nas esferas pública e privada.

“Ao longo de todo o ano, a Usiminas tem investido fortemente em inovação, em diversidade e na capacitação de suas equipes para que possamos crescer, vencer os desafios trazidos pelos cenários interno e externo e fortalecer sua posição de protagonista no setor siderúrgico brasileiro e latino-americano.  O Prêmio Líderes do Brasil é um importante reconhecimento a todo esse trabalho e valoriza, ainda mais, tudo o que vem sendo desenvolvido em todas as empresas Usiminas”, avalia Sergio Leite.

Além da Usiminas, outras 44 empresas foram reconhecidas em 30 setores da economia. Também foram premiadas 15 empresas como destaques de suas regiões de atuação. Já o Homenageado Especial foi Luiz Fernando Furlan, ex-ministro, com passagem por diversas empresas e atual chairman do LIDE.