Tosa higiênica em cães: essencial para saúde e bem-estar

Procedimento previne problemas de pele e mantém higiene do animal

Por Plox

11/01/2024 11h29 - Atualizado há 3 meses

A tosa higiênica em cachorros não é apenas uma questão de estética, mas um importante aspecto para a manutenção da saúde e bem-estar dos animais. Esse procedimento, que envolve aparar os pelos em áreas específicas como ao redor dos olhos, orelhas, patas, genitais e ânus, é crucial para prevenir o acúmulo de sujeira e evitar emaranhados que podem causar desconforto e problemas de saúde.

A importância da tosa higiênica vai além da aparência do pet. Manter os pelos ao redor dos olhos curtos, por exemplo, pode prevenir irritações e infecções oculares. Nas patas, a tosa ajuda a evitar o acúmulo de sujeira entre os dedos, reduzindo assim o risco de infecções de pele.

 

Diferença entre tosa comum e tosa higiênica 

Há uma distinção fundamental entre a tosa comum e a tosa higiênica. Enquanto a tosa comum é um procedimento mais abrangente, visando reduzir o comprimento da pelagem do animal, a tosa higiênica tem um enfoque mais específico. Ela se concentra na limpeza e no cuidado de áreas cruciais para a higiene do cão, destacando-se pela sua funcionalidade voltada para a saúde do pet.

 

Frequência e raças indicadas para a tosa higiênica 

A frequência da tosa higiênica varia de acordo com a raça, o tipo de pelagem e o nível de atividade do animal. Em média, é recomendável que seja feita a cada 4 a 6 semanas. Raças com pelagem longa ou densa, como poodles, maltês, shih tzus, lhasa apsos e yorkshire terriers, são particularmente beneficiadas por esse procedimento. No entanto, cães de pelagem curta também podem necessitar de tosa em áreas específicas para manter uma higiene adequada.

 

Cuidados na realização da tosa higiênica 

A execução da tosa higiênica exige habilidade e cuidado para evitar ferimentos no animal. Por isso, é ideal que seja realizada por um profissional qualificado. O uso de equipamentos apropriados e a manutenção de um ambiente calmo durante o procedimento são essenciais para evitar o estresse do pet. Assim, a tosa higiênica não só contribui para a saúde física do cão, mas também para o seu bem-estar emocional.

 

 


 

Destaques