Hospital João XXIII recebe vítimas de explosão em embarcação no Acre

11/06/2019 10:15

O pronto socorro mineiro é referência em tratamento de pacientes com queimaduras

Publicidade

O hospital João XXIII, em Belo Horizonte, recebeu hoje, 11 de junho, duas vítimas da explosão do barco que transportava passageiros e combustível no Acre. No acidente, que aconteceu em Cruzeiro do Sul, 18 pessoas ficaram feridas, todas com gravidade, uma delas morreu.

(foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

O barco explodiu enquanto abastecia no Acre- Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros


As duas vítimas que chegaram à unidade de saúde da capital mineira são um bebê com apenas quatro meses, que teve 24% do corpo queimado, e um homem de 45 anos, com 45% do corpo afetado. O pronto socorro mineiro é referência em tratamento de pacientes com queimaduras e espera pela chegada de mais vítimas do acidente. 

Seis passageiros foram encaminhados para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital do Juruá. Eles estão em estado gravíssimo e seguem entubados. As vítimas inalaram fumaça e tiveram outras lesões. Os demais pacientes estão sendo levados ao atendimento (no João XXIII e mais dois centros de referência em queimados em ouros estados) em aviões adaptados pelas Forças Armadas.

 
O barco explodiu enquanto abastecia no Acre e a suspeita da polícia é de que a embarcação servia para levar irregularmente combustíveis. 

Atualização: 11h22



Publicidade