Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Homem é baleado na cabeça dentro de bar em Ipatinga

    A vítima foi socorrida em estado grave e esta internada na UTI

    Por Plox

    11/06/2021 12h37 - Atualizado há 3 meses

    Na noite dessa quinta-feira (10), um homem foi baleado na cabeça por dois indivíduos que estavam em uma motocicleta. A vítima estava em um bar no momento da tentativa de homicídio. O homem foi socorrido em estado grave ao hospital.

    De acordo com a Polícia Militar, os militares receberam informações alegando que dois indivíduos em uma motocicleta teriam efetuado disparos de arma de fogo em um bar na avenida Esperança, no bairro Esperança, em Ipatinga, Minas Gerais. De imediato os policiais se deslocaram até o local, onde dentro do bar, depararam com a vitima, de 33 anos, sentado em uma cadeira do estabelecimento com aparentemente três perfurações na cabeça provenientes de arma de fogo.

    Uma unidade do SAMU compareceu ao local e realizou os primeiros socorros, logo depois levaram a vítima ao Hospital Márcio Cunha, onde o homem permaneceu sob cuidados médicos. A equipe medica relatou que o estado da vítima era grave e que ele se encontrava com edema cerebral grave e internado na UTI.

    Após o socorro do homem, a pericia da Polícia Civil foi acionada e compareceu ao local onde realizou os trabalhos de praxe.

    Ainda durante o atendimento medico da vitima no bar, foi localizado em um de seus bolsos dois pinos de cocaína e um celular, sendo ambos os materiais apreendidos.

    Em conversa com as testemunhas, elas disseram que não conseguiram visualizar o rosto dos autores e alegaram apenas que ambos tinham estatura mediana.

    Foto: Divulgação PM

     

    Durante o registro da ocorrência, a polícia recebeu informação de que os autores da tentativa de homicídio estariam fazendo o uso de bebidas alcoólicas na rua Cinco, no alto do bairro Esperança e se vangloriando pelo ato criminoso. A pessoa que denunciou alegou ainda que seriam eles os indivíduos e disse os apelidos dos dois. De imediato os militares foram até o local, porem os suspeitos já não se encontravam mais na rua.

    Os policiais foram até a residência de um dos indivíduos, de 29 anos, onde após uma conversa com o pai do jovem, o homem liberou a entrada dos policiais. Dentro do imóvel os policiais conversaram com o jovem denunciado e ele negou a autoria do crime e disse que não conhecia a vítima. Ainda dentro da residência foi encontrada a cédula de identidade do outro suspeito, de 32 anos, que não foi localizado na casa.

    Por fim o suspeito foi qualificado e informado da denuncia que pesa em seu desfavor sendo liberado no local por não haver indícios concretos de sua participação no crime. A polícia segue em diligências no intuito de localizar e prender os autores.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]