Padre acusado de desviar dinheiro de paróquia para sexo sadomasô é achado morto

11/07/2020 13:09

Peter Miqueli teria pago US$ 1 mil (cerca de R$ 5,3 mil) em várias sessões com o seu "mestre", Keith Crist´, que faria o pároco de "escravo sexual".

Um padre, de 57 anos, acusado de desviar dinheiro de uma paróquia no Bronx, Nova York (EUA), para sexo sadomasoquista foi achado morto em casa na quinta-feira (9/7), noticiou o "NY Post". A causa da morte não foi revelada.

Peter Miqueli e Keith Crist Foto: Reprodução

Peter Miqueli e Keith Crist Foto: Reprodução

Peter Miqueli teria pago US$ 1 mil (cerca de R$ 5,3 mil) em várias sessões com o seu "mestre", Keith Crist´, que faria o pároco de "escravo sexual".

A acusação consta de um processo movido por paroquianos, que afirmam que, no total, Miqueli desviou aproxidamente US$ 1 milhão (R$ 5,3 milhões) da Igreja. Os querelantes sustentam que Keith Crist forçava Miqueli a beber a urina do "mestre".

 

Padre Peter Miqueli
Padre Peter Miqueli Foto: Reprodução

 

Além do sexo sadomasô, diz a acusação, o padre teria usado US$ 60 mil (R$ 320 mil) da paróquia em drogas ilícitas e mais R$ 264 mil (R$ 1,4 milhão) para comprar a sua casa na cidade.

A Arquidiocese de Nova York diz não ter provas de que Miqueli desviou dinheiro da Igreja.

Fonte: https://extra.globo.com/noticias/page-not-found/padre-acusado-de-desviar-dinheiro-de-paroquia-para-sexo-sadomaso-achado-morto-24527741.html