Acidentes em rodovias de MG deixam cavalos gravemente feridos

PM alerta para os riscos do abandono de animais em vias públicas após graves ocorrências

Por Plox

11/07/2024 07h00 - Atualizado há 3 dias

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) emitiu um alerta nesta quarta-feira (10 de julho) devido ao aumento dos casos de abandono de animais nas rodovias de Minas Gerais, destacando os perigos que essa prática representa tanto para os motoristas quanto para os próprios animais. Na mesma data, duas ocorrências significativas envolvendo cavalos foram atendidas pela corporação.

Foto: PMMG / Divulgaçã

Acidente na MG-424

Em Pedro Leopoldo, na região metropolitana de Belo Horizonte, um acidente na MG-424 resultou em graves consequências. Um veículo colidiu com dois cavalos, deixando um homem ferido, que precisou de atendimento imediato do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Um dos cavalos sofreu lesões graves, incluindo fratura exposta e forte hemorragia, o que levou à necessidade de sua eutanásia. O segundo animal também foi gravemente ferido, apresentando feridas abertas, embora sem fraturas. Uma equipe voluntária foi acionada para tratar do cavalo sobrevivente.

 

Consequências legais do abandono de animais

A PMRv destacou que o abandono de animais é classificado como crime de maus-tratos. A falta de cuidados com os animais em vias públicas configura Contravenção Penal, conforme o art. 31 do Decreto Lei 3688/41. Além disso, expor terceiros a riscos por meio do abandono de animais é considerado crime segundo o art. 132 do Código Penal.

Essa situação ressalta a importância da responsabilidade dos proprietários de animais em garantir que eles não sejam deixados em locais onde possam causar acidentes ou sofrer danos graves.

Destaques