“Chorava muito”, diz empresária após lipo com médico influencer

As complicações do procedimento estético ainda afetam profundamente a vida de Sayara, especialmente em situações sociais como passeios à praia ou piscina

Por Plox

11/07/2024 06h51 - Atualizado há 1 dia

A empresária Sayara Karyta de Sousa Rego, de 29 anos, descreve sua vida como "bem difícil" após passar por uma lipoaspiração de alta definição, conhecida como Lipo HD, realizada pelo cirurgião plástico Wilian Pires, popularmente chamado de “Médico das Estrelas”. O procedimento, que visava remover gordura localizada na barriga e nas costas, resultou em necrose no ventre e queloides severas. "Minha vida ficou muito mais complicada depois do procedimento, principalmente em questão de auto-estima", relatou Sayara.

médico ao lado de paciente com necrose
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Desdobramentos do caso

Sayara realizou o procedimento em 2020, desembolsando R$ 15 mil. Nos primeiros dias após a operação, notou feridas anormais que, mais tarde, foram diagnosticadas como necrose avançada. “Eu fiquei em choque, chorava. Vi que eu tinha acabado com minha vida ao procurar melhorar fisicamente. Agora, só tenho cicatrizes. Dias depois, tive trombose”, disse ela. Em setembro de 2020, foi internada em um hospital particular com suspeita de trombose, confirmada por exames médicos. Sem plano de saúde, precisou pedir ajuda ao cirurgião para ser transferida para um hospital público.

Ação judicial e condenação de Wilian Pires

Wilian Pires, formado pela Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS) em Brasília, e conhecido por sua clientela famosa, foi condenado recentemente a dois anos de prisão e ao pagamento de 10 dias-multa por associação criminosa e estelionato, conforme decisão judicial relacionada a um caso de incêndio de uma lancha em 2019. O médico, que se encontra no Canadá, ainda não foi notificado oficialmente da decisão e pretende recorrer.

Impactos emocionais e físicos

As complicações do procedimento estético ainda afetam profundamente a vida de Sayara, especialmente em situações sociais como passeios à praia ou piscina. "Ainda me afeta quando vou passear em praia ou piscina e poderia usar um biquíni, mas eu não uso mais. Não uso cropped ou qualquer roupa que mostre as costas", comentou.

Consultas médicas e diagnóstico de necrose

Após as complicações, Sayara consultou outro cirurgião plástico, que identificou necrose de grau elevado e afundamento característico de “lipo muito superficial”. Ele recomendou tratamento com fisioterapia e orientou a iniciar novas etapas somente após a recuperação completa da pele.

Defesa e recurso

Os advogados de Sayara, Leonardo Nascimento e Raquel Alves, ressaltam que, apesar do aumento da indenização, o valor ainda é insuficiente para compensar os danos morais e estéticos sofridos pela empresária. “Além disso, não leva em conta a capacidade econômica do réu, evidenciada por uma vida de luxo que [ele] ostenta nas redes sociais”, afirmaram em nota.

Vida de luxo do cirurgião nas redes sociais

Wilian Pires, conhecido por ostentar uma vida luxuosa nas mídias sociais, tem especializações em lipo de alta definição, mamoplastia e mastopexia. Ele continua a se aprimorar através de cursos no Brasil e no exterior, e atualmente está em viagem no Canadá com os pais, trocando experiências com outros cirurgiões plásticos.

 

 

 

 

Destaques