Em jogo com muitas expulsões, Palmeiras vence o Atlético nos pênaltis e vai às semi da Libertadores

Danilo, Scarpa e Vargas receberam o cartão vermelho. Weverton defendeu o pênalti cobrado por Rubens

Por Plox

10/08/2022 23h35 - Atualizado há quase 2 anos

Em noite marcada por expulsões no Allianz Parque, o Palmeiras segurou o Atlético no tempo regulamentar, levou para os pênaltis e se classificou para as semifinais da Copa Libertadores na noite desta quarta (10). Danilo e Scarpa receberam o cartão vermelho e foram mais cedo para o chuveiro. Vargas tomou o segundo amarelo e também saiu mais cedo da partida. Weverton defendeu o pênalti cobrado por Rubens.

O início do jogo foi equilibrado, com poucas chances de perigo. Aos poucos o Palmeiras foi gostando da partida e subindo ao ataque, pela esquerda, com Dudu e Scarpa.

No entanto, aos 28 minutos a equipe paulista viu as coisas complicarem com Danilo recebendo cartão vermelho direto por falta dura em Zaracho.

Foto: Divulgação

 

Com um a menos, o Verdão segurou mais o jogo e ainda ficou irritado com a não marcação de um pênalti em Gustavo Gómez, atingido por Everson após um cruzamento na área.

Apesar da desvantagem numérica de jogares em campo, o Palmeiras continuou fechado no segundo tempo, segurou os ataques do Galo e também conseguiu assustar a defesa atleticana em alguns lances.

O que já estava complicado para o Palmeiras piorou aos 36 minutos com mais um expulso. Gustavo Scarpa foi mais cedo para o vestiário após se livrar da falta de Jair e acabar atingindo Allan na sequência do lance.

Foto: Divulgação

 

Nos acréscimos ainda teve tempo para mais uma expulsão. Desta vez, do lado do Galo. Após uma marcação de falta a favor do Verdão, o atacante Vargas recebeu o segundo cartão amarelo por peitar o árbitro.

Vítor Castanheira, auxiliar de Abel Ferreira, também foi expulso por expulsão. Após o apito final, ele invadiu o campo e reclamou muito com árbitro.
Nos pênaltis, Weverton foi no canto certo e segurou a cobrança feita pelo meia Rubens.

Destaques