Da moda à tendência com os brincos de cruz

Você pode escolher o modelo que cai bem em cada ocasião

Por Plox

12/01/2021 19h57 - Atualizado há 11 dias

É comum ver pessoas compondo acessórios com crucifixo. Há quem atribua um significado maior – talvez até sagrado – a uma cruz pendente num acessório. Algumas pessoas só começam a usar uma correntinha com um crucifixo depois que um padre benze ou um pastor repreende o objeto. Filmes transformam uma cruz no bolso num instrumento de proteção para expulsar vampiros ou ser usado como escudo.

 

Foto: reprodução/ Instagram

 

No duelo final, o protagonista toma um tiro, mas o balaço acerta um crucifixo guardado no bolso da camisa e salva o herói. No mundo da moda, faz tempo que se vê colares, pulseiras e até tornozeleiras femininas com uma cruz como pingente. Mas foi na década de 80 que a delicadeza em forma de brincos com pingentes de cruz começou a aparecer. Ficou por um bom tempo somente como acessório feminino. Neste século, o adereço vem atendendo a todos os gostos.

Além da variação de gênero, os brincos de cruz vão do casual ao sofisticado e do informal ao social, compondo visuais, marcando personalidades e combinando magnetismo e elegância.

Você pode escolher o modelo que cai bem em cada ocasião:

-  Quer professar a sua fé? Superstição

-  Quer ter como amuleto? Fetiche

-  Quer que faça parte da sua rotina? Casual

-  Quer usar em ambientes formais? Fino e sofisticado

-  Quer ter charme, beleza e elegância? Tanto faz!

Os designers da Piuka têm criatividade para atender a cada gosto – e até a todos juntos! Visite a página da Piuka e coloque a sua imaginação para funcionar. Você vai se surpreender a cada clique.

 

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021