Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Homem é morto a tiros após atacar policiais da Rotam

    Suspeita-se que o homem teria tido um surto psicótico

    Por Plox

    12/01/2021 19h53 - Atualizado há 8 meses

    Na tarde dessa segunda-feira (11), um homem identificado como Luís Carlos Rodrigues, de 44 anos, foi morto a tiros após atacar policiais militares das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) com uma barra de ferro. Suspeita-se que o homem teria tido um surto psicótico. O caso aconteceu na rua Tancredo Neves, na comunidade Fé em Deus, no bairro do Tenoné, em Belém-PA.

    Toda a confusão foi gravada por vários moradores da localidade. Segundo informações, o homem é deficiente mental.

    De acordo com vizinhos de  Luís Carlos, o homem teria tido um surto por volta das 15h30 e começou a quebrar toda a residência onde morava com a família. Os familiares do homem ficaram assustados e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e o Corpo de Bombeiros para tentar conter a fúria do homem.

    Foto: Reprodução

     

    Ainda conforme relatos dos vizinhos, as equipes do SAMU e dos bombeiros se deslocaram até o local, mas também foram agredidas por Luís Carlos. Testemunhas afirmaram que o agressor usou uma barra de ferro para quebrar a ambulância e a viatura dos bombeiros. Com medo, as unidades de socorristas deixaram o local rapidamente.

    Devido ao ataque de fúria do homem, moradores e comerciantes do local, se trancaram em suas casas e se esconderam, com medo de também serem agredidos.

    Policiais da Rotam foram acionados para tentar conter a violência de Luís Carlos e chegaram no local por volta de 17:20h. Porém, o agressor também partiu para cima dos policiais com a barra de ferro, os militares revidaram e dispararam com munições de borracha contra ele, mas os tiros não pararam o ataque do homem.

    Foto: Reprodução

     

    Luís Carlos começou a correr atrás de um policial na tentativa de agredi-lo. O policial corre de costas e ao tropeçar cai no chão. O agressor aproveitou da situação e golpeou o policial pelo menos três vezes na região da cabeça. Para impedir que o militar fosse morto, os companheiros de trabalho do homem caído efetuaram disparos de arma de fogo contra Luís Carlos, que morreu no local.

    O Policial ferido, identificado como Cabo Vilhena, foi amparado por colegas de farda e por moradores do entorno, ainda no local. Ele foi socorrido por uma guarnição da PM e levado para a UPA de Icoaraci, distrito de Belém, em estado gravíssimo, mas foi transferido para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE).  

    O corpo de Luís Carlos foi removido e encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]