Laudo do IML revela que influenciador digital enterrado em quintal em SP morreu por overdose

Henrique Medeiros, que tinha uma considerável base de seguidores nas redes sociais, incluindo mais de 87 mil seguidores no Instagram e quase 1,8 milhão de inscritos no YouTube

Por Plox

12/01/2024 06h23 - Atualizado há 5 meses

A Polícia Civil de São Paulo anunciou nesta quinta-feira (11) que o influenciador digital Carlos Henrique Pires Medeiros, de 26 anos, conhecido como Henrique Medeiros, faleceu devido a uma overdose de entorpecentes. O laudo divulgado pelo Instituto Médico Legal (IML) confirmou a causa da morte como intoxicação por substâncias ilícitas.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Henrique Medeiros, que tinha uma considerável base de seguidores nas redes sociais, incluindo mais de 87 mil seguidores no Instagram e quase 1,8 milhão de inscritos no YouTube, estava desaparecido desde a madrugada de Natal (25). Em uma reviravolta chocante, seu corpo foi encontrado enterrado no dia 30 de dezembro no quintal da residência de um casal de amigos em Itapecerica da Serra, local onde o influenciador passou a ceia de Natal.

A investigação da Polícia Civil levou à prisão de um homem de 28 anos e uma mulher de 24 anos no dia 31 de dezembro. Residentes na casa onde o corpo foi descoberto, eles são suspeitos do crime de ocultação de cadáver. Em depoimento, o casal admitiu o uso de drogas com Medeiros na noite do desaparecimento. Alegaram que, após o influenciador passar mal e falecer, decidiram enterrar o corpo no quintal por temerem as consequências.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que as circunstâncias da morte e o envolvimento do casal continuam sob investigação.

Destaques