Renovação do Toyota Corolla Cross promete melhorias estéticas e tecnológicas em 2024

Atualizações incluem design aprimorado e novos recursos para o SUV da marca japonesa no mercado brasileiro

Por Plox

12/01/2024 15h31 - Atualizado há 5 meses

O Toyota Corolla Cross 2024, já presente nas ruas brasileiras, está prestes a passar por significativas mudanças. O modelo da Toyota, reconhecido pela sua robustez, se prepara para atualizações que prometem transformar tanto a aparência quanto as funcionalidades do veículo, oferecendo uma experiência aprimorada aos consumidores.

 

Foto: Divulgação

Mudanças Visuais

O SUV fabricado no Brasil seguirá os passos de sua versão asiática, trazendo faróis renovados com LEDs centralizados, uma mudança da configuração anterior. O destaque, porém, fica por conta da remodelação na parte traseira do veículo. O abafador do escapamento, antes visível e comparado a uma "marmita", será redesenhado para se integrar melhor à estrutura, ficando oculto atrás do para-choque. Além disso, as lanternas traseiras receberão um sutil redesenho.

Desde 2021, a Toyota adotou uma solução temporária para o Corolla Cross, pintando o abafador com tinta preta para minimizar seu impacto visual. Essa medida visava atenuar a crítica recebida pela estética do componente, crucial para o conforto a bordo.

Inovações Tecnológicas

A linha 2025 do Corolla Cross no Brasil trará outras novidades. O freio de estacionamento atual, acionado por pedal, será substituído por um sistema eletrônico com acionamento por tecla. Nas versões mais completas, o modelo SUV contará com um quadro de instrumentos digital de 12 polegadas, alinhando-se ao Corolla sedã.

Para a versão híbrida do Corolla Cross, está prevista uma potência combinada de 122 cv, mantendo o câmbio e-CVT. As variantes equipadas com motor 2.0 flex, no entanto, sofrerão uma leve redução de potência. Para atender às novas normativas do Proconve L8, o motor 2.0 flex será recalibrado, oferecendo uma potência máxima de 175 cv com etanol, 2 cv a menos que a versão atual. O modelo manterá o câmbio CVT com 10 marchas simuladas. A suspensão traseira independente, um recurso muito esperado, não será incluída nesta atualização, mantendo a barra com eixo de torção.

Destaques