Reviravolta no governo: Lula exonera líderes-chave de dois ministérios em apenas uma semana

Hildo Rocha do Ministério das Cidades e Efrain Cruz do Ministério de Minas e Energia são exonerados em dias consecutivos

Por Plox

12/01/2024 14h56 - Atualizado há 5 meses

Nesta sexta-feira (12), o secretário-executivo do Ministério das Cidades, Hildo Rocha, foi demitido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, conforme publicação no Diário Oficial da União. Rocha, ex-deputado federal pelo MDB do Maranhão e ligado à família Sarney, ocupava uma posição de destaque na pasta liderada por Jader Filho. A exoneração surpreendeu o próprio Rocha, que afirmou ao blog do jornalista Guilherme Amado, do portal Metrópoles, desconhecer os motivos de sua saída, tendo tomado conhecimento apenas através do DOU.

Foto: Câmara dos Deputados/Divulgação

Esforços para obter esclarecimentos da assessoria de imprensa do Ministério das Cidades, do ministro Jader Filho e do próprio Hildo Rocha foram infrutíferos, com a reportagem de O TEMPO Brasília não recebendo retorno até o momento.

Esta demissão é a segunda de um secretário-executivo em menos de uma semana, seguindo a exoneração de Efrain Cruz, segundo no comando do Ministério de Minas e Energia, ocorrida na quinta-feira (11). Lula nomeou Arthur Cerqueira Valério, anteriormente assessor jurídico na pasta, como substituto de Cruz. A nomeação de Efrain Cruz, realizada em março do ano passado, tinha sido uma indicação dos senadores Marcos Rogério (PL-RO) e Davi Alcolumbre (União-AP).

 

Destaques