FSFX desenvolve profissionais multifuncionais

12/02/2019 12:39

Criação de Escola de Gestão Aplicada investe no aprendizado dos colaboradores da Instituição

Publicidade

Os cenários econômico, político e social estão em constante mudança, e é preciso que as pessoas e as instituições estejam preparadas para essas transformações. Com o objetivo de desenvolver colaboradores multifuncionais, para apoiar a estratégia de crescimento inorgânico da instituição, a Fundação São Francisco Xavier (FSFX) implantou em 2018 a Escola de Gestão Aplicada (EGA).

Para uma instituição como a FSFX, ter profissionais multifuncionais, que sejam capazes de realizar diversas tarefas ao mesmo tempo, sem perder o foco, é essencial. Um ponto importante que foi trabalhado junto aos colaboradores na EGA é a visão holística de mercado, que significa enxergar a instituição como um todo e não apenas o cargo que ocupam, pois a interação inteligente entre os profissionais cria intimidades corporativas, beneficiando o diálogo e a troca entre setores.

DivulgaçãoEGA

SELEÇÃO

Os participantes da Escola de Gestão Aplicada foram previamente selecionados pela FSFX e atuarão como Equipe de Transição ou Equipe Permanente nos novos projetos de expansão da instituição. A Equipe de Transição atuará na implantação do serviço por um prazo determinado, com foco técnico, garantindo que os procedimentos já estabelecidos pela FSFX sejam seguidos e adaptados à cultura do local. Já a Equipe Permanente é composta por colaboradores que atuarão de forma definitiva na nova unidade de negócio, com foco técnico e de gestão, transmitindo à cultura de trabalho da FSFX aos novos colaboradores.

O projeto é uma oportunidade de desenvolvimento profissional para os colaboradores. “Para a instituição é extremamente importante ter as pessoas prontamente preparadas para atingir as metas de crescimento que a FSFX tem em seu planejamento. A Escola de Gestão é uma ferramenta muito relevante nesse processo, pois possibilita a capacitação desses colaboradores de maneira teórica e prática, para que estejam qualificados para enfrentar esses desafios. Para o colaborador que participa das capacitações é uma oportunidade de conhecer melhor a instituição, entender como funcionam seus processos e crescer ainda mais profissionalmente”, explica o analista de Desenvolvimento de Soluções Corporativas e Inovação da FSFX, Jonatan Martins Ribeiro, um dos colaboradores que ministrou aulas na EGA.

Segundo a gerente de Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas da FSFX, Cláudia Denize Silva Batista, dentro da Escola de Gestão os alunos terão oportunidades para desenvolverem novas competências. “Com a EGA esperamos fomentar o aprendizado e desenvolver a competência de flexibilidade, multifuncionalidade e visão sistêmica” salienta Cláudia. 

A ESCOLA

A Escola de Gestão Aplicada possui duas vertentes: teórica e prática. Na teórica, o colaborador participa de aulas com conteúdos programáticos que abordam desde a Estratégia Organizacional até os processos de trabalho dos setores. E na prática, os colaboradores passam por uma etapa de capacitação com a metodologia estabelecida para cada área do job rotation – técnica de rodízio de atividades utilizada em instituições para ampliar o nível de conhecimento dos colaboradores no âmbito profissional e permitir o aprendizado de diversas funções. “Vamos trabalhar com os alunos da escola de gestão na confecção das Estruturas Analítica de Projeto (EAP’s) de seus respectivos setores, para que tenhamos um grande pacote de ações do que é necessário que seja feito e dos pontos de atenção para implantação de cada um desses setores em novas frentes de atuação e/ou oportunidades”, revela Jonatan. 

A metodologia permite aos alunos conhecerem novos processos dentro da instituição, para adquirir visão sistêmica e estimular a multifuncionalidade. “A Escola de Gestão Aplicada foi uma iniciativa fundamental para o processo de aprendizado e preparação dos profissionais da FSFX. Trouxe para todos os envolvidos um amplo conhecimento dos processos da instituição e das técnicas de gestão do negócio. Acredito que todos os profissionais saíram transformados desta importante experiência. Mais uma vez a Fundação São Francisco Xavier mostrou o quanto esta preparada para novos desafios, construindo uma equipe cada vez mais forte e coesa”, conta o enfermeiro supervisor de Atendimento Cirúrgico da FSFX e também aluno da EGA, Charlles Rodrigues Soares. O ciclo de aulas da Escola de Gestão Aplicada já foi encerrado e a formatura da primeira turma acontece em fevereiro. 
 



Publicidade