publicidade



Justiça condena goleiro Bruno por falta grave e progressão de pena pode ser só em 2023

12/02/2019

Em outubro do ano passado, Bruno foi flagrado pelo SBT/Alterosa com mulheres e cerveja em uma associação de Varginha durante o horário de trabalho. Juiz também pede transferência p

publicidade

O goleiro Bruno Fernandes das Dores foi condenado pela Justiça mineira por falta grave no caso em que foi flagrado pela reportagem do SBT/Alterosa com mulheres e bebida apos marcar um encontro por celular em uma associação, onde também fazia alguns trabalhos, em Varginha, no Sul de Minas Gerais. A defesa informou que ele vai recorrer. Caso a condenação seja mantida, Bruno só deve ter direito a progressão de pena em 2023. Além disso, pode ser transferido de unidade. 



últimas notícias