Crítica de Moro ao veto de Lula: 'Favoritismo nos presídios'

Resistência ao veto das 'saidinhas' de presos

Por Plox

12/04/2024 10h56 - Atualizado há 3 meses

  • Crítica ao veto: O senador Sergio Moro expressou descontentamento com o veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao projeto que propõe o fim das saídas temporárias de presos. Moro acusou o presidente de favorecer seu eleitorado nos presídios, uma referência às eleições de 2022.
Lula Marques Agência Brasil
  • Posicionamento de Moro: Segundo Moro, o veto do presidente ignora as preocupações com a segurança pública e as vítimas de crimes. O senador declarou no X (antigo Twitter): "Vou trabalhar com meus pares para derrubar o veto".

Contexto legislativo

  • Aprovação e veto: O projeto, que contava com o apoio de Moro, foi inicialmente aprovado pelo Congresso Nacional, mas sofreu veto parcial de Lula. O presidente optou por manter a permissão para saidinhas durante feriados, especificamente para presos do regime semiaberto que estudam ou trabalham.
  • Movimento no Congresso: Há um forte indicativo entre os parlamentares da oposição de que o veto será contestado e possivelmente derrubado, restabelecendo as restrições propostas inicialmente pelo projeto.
Destaques