PM de Minas Gerais morre após incidente em motel e família autoriza doação de órgãos

Família se recusa a falar com a imprensa no hospital João XXIII em Belo Horizonte

Por Plox

12/04/2024 11h48 - Atualizado há 3 meses

O sargento da Polícia Militar de Minas Gerais, de 41 anos, faleceu nesta sexta-feira (12) no hospital João XXIII, em Belo Horizonte.

  • Segundo uma fonte próxima, o militar estava internado desde a última quarta-feira (10) após se trancar por mais de seis horas em um motel na avenida Barão Homem de Melo.
Foto: Reprodução/ Google Maps
  • Ele sofreu um ferimento na cabeça e foi socorrido após negociações com o Bope.

Situação familiar e estado de saúde

  • A família do sargento, incluindo esposa, irmão e tia, estava no hospital acompanhando os procedimentos legais. Emocionados, recusaram-se a falar com a imprensa.
  • A morte cerebral do sargento foi confirmada pela equipe médica nesta manhã, caracterizada pelo Ministério da Saúde como uma condição permanente e irreversível.

Consequências pessoais

  • O militar deixa duas filhas, de 11 e 13 anos, e estava em processo de divórcio.
  • Ele também estava afastado das funções policiais. A família autorizou a doação de seus órgãos, mas ainda não há informações sobre o velório e enterro.
Destaques