Presidente do Ipatinga FC está disposto a negociar SAF com grupo do Vale do Aço

Grupo chegou a formalizar uma proposta no ano passado, mas foi superada pela Lopes & Resende

Por Marcelo Augusto

12/04/2024 13h42 - Atualizado há 3 meses

O presidente do Ipatinga Futebol Clube, Nicanor Pires, está disposto a negociar a SAF do clube com empresário da cidade. Em uma informação exclusiva apurada pela reportagem do Plox, foi confirmada a intenção da diretoria do Tigre em aceitar, caso ainda haja interesse, a proposta do grupo do Vale do Aço que anteriormente disputou com a empresa Lopes & Resende, atual detentora de 90% das ações. Anteriormente, o jornalista Fabrício Pereira tinha divulgado que empresários da cidade iriam fazer uma parceria com o Tigre para a disputa da Série D.

Em conversa com o presidente, o mesmo informou ter tomado conhecimento da intenção de um grupo de investidores de Ipatinga em assumir a gestão do clube. No entanto, nenhum contato ainda foi feito com a diretoria. “Eu tomei conhecimento via imprensa de que tem um grupo em Ipatinga disposto a entrar como investidor. Nós não fomos procurados por ninguém ainda, mas estou à disposição para conversar, explicar qual é a situação do Ipatinga. O que é preciso é que o assunto seja tratado pessoalmente”, disse Nicanor.

Nicanor Pires comentou sobre a situação da SAF do Ipatinga. Foto: Reprodução/ Plox Brasil.

 

O presidente ainda reforçou que há condições para que o negócio seja concretizado. “Eu coloco apenas uma condição para concluir a negociação esse grupo, que eles assumam 100%”, enfatizou. Nicanor finalizou expressando que, no momento, o desejo é de se afastar do clube: “o meu desejo no momento é de sair”.

Para que o negócio seja concluído, o futuro proprietário da SAF do Tigre deverá assumir 100% das ações: os atuais 90% que pertencem à Lopes & Resende e os 10% que hoje estão com a Associação. Caso seja acordado tais termos, o presidente Nicanor Pires deve deixar a presidência do Ipatinga.

Confira a proposta apresentada à época pelo grupo de investidores do Vale do Aço

Plox detalha proposta apresentada por empresários do Vale do Aço pela SAF do Ipatinga

O Plox teve acesso com exclusividade a proposta de compra e venda apresentada pelo grupo de empresários do Vale do Aço, que prevê aquisição de 90% das ações. A empresa JS Sports LDTA é registrada nos nomes de Joel João de Brito, advogado, e Valdir dos Santos, o Santos.

Conforme a proposta que a Plox teve acesso, serão 6 milhões de ações na SAF, valendo cada uma R$ 1, ou seja, totalizando R$ 6 milhões. No entanto, esse não seria uma avaliação de valor da SAF do Tigre. A proposta prevê a compra de 90% das ações por parte da JS Sports, totalizando 5,4 milhões das ações. O Ipatinga associação ficaria com 600 mil ações (10%).

Foto: reprodução

 

Na proposta, a JR Sports ainda afirmava que iria assumir a dívida do clube. A empresa também ficaria responsável pela gestão geral e coordenação do futebol do Tigre em relação às competições que serão disputadas, montagem de elencos, pagamentos de jogadores, entre outras obrigações. A JS Sports também iria assumir todos os ativos, materiais e imateriais do Tigre, como uniformes, marca, cores, entre outros ativos do clube.  

Nicanor ( primeiro a direita) e os conselheiros que compõe o comitê de analise das propostas da SAF. Foto: Instagram/Ipatinga F.C/Reprodução.

 

A proposta não divulgava valores de investimentos no Tigre, como muito é comentado em relação as SAF’s no país. 

 

Destaques