Flordelis demite mulher do filho adotivo de seu gabinete

12/07/2019 10:37

A nora da deputada ganhava mais de R$ 15 mil; exoneração ocorreu após rompimento do marido com Flordelis

Publicidade

Com o nome envolvido na polêmica morte do marido Anderson do Carmo, a deputada federal Flordelis dos Santos de Souza (PSD) decidiu demitir a esposa do filho adotivo de seu gabinete parlamentar nesta semana. Luana Vedovi Rangel Pimenta é casada com o filho da deputada, o vereador Misael da Flordelis. 

Flordelis durante votação da Reforma da Previdência nessa quarta-feira Foto: Daniel Marrenco
Flordelis compareceu à Câmara para a votação da reforma a Previdência-Foto: Divulgação

Luana era secretária da parlamentar desde fevereiro de 2019 e tinha remuneração de R$ 15.698,32 mensais. A assessoria da deputada se limitou a dizer que a exoneração da servidora “se tratou de uma decisão administrativa”. Afastada da Câmara desde que o marido foi morto, a parlamentar só compareceu à Casa na última quarta-feira, 10, para a votação da reforma da Previdência. 

Misael se desligou da mãe desde a morte de Anderson, no mês passado. Ele removeu de seu codinome, a alcunha Flordelis, ficando apenas Misael. Além disso, ele rompeu com as igrejas que seus pais criaram, o Ministério Flordelis. A deputada tem em seu gabinete 16 servidores e de janeiro deste ano até junho, a parlamentar usou mais de 98,5% do total liberado para 2019 em verba de gabinete, gastando R$ 550 mil, além de R$130 mil de cota parlamentar, conforme consta no site da Câmara dos Deputados.

Postagem de Luan no Instagram

Luan Santos foi um dos filhos que rompeu com Flordelis- Foto: Instagram/Reprodução

Outro filho da deputada, Luan Santos, largou o templo em que congregava com a mãe e a família e postou em seu Instagram a respeito do assassinato: “Estamos orando. Justiça seja feita. Não vai acabar em pizza”, legendou.

Atualizada às 14h01

 



Publicidade