Terreiro de candomblé é invadido e destruído

12/07/2019 09:49

Caso foi compartilhado nas redes sociais pelo babalaô Ivanir dos Santos, da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR)

Publicidade

Nessa quinta-feira (11) um terreiro de candomblé foi invadido e destruído em Parque Paulista, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense-RJ.

De acordo com informações postadas por Ivanir dos Santos, da Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR), na rede social Facebook, a invasão ocorreu por volta de 12h.

Também em seu Facebook, Ivanir relatou querer averiguação do caso pelo poder público.
"Pondero, mais uma vez, que a intolerância religiosa é uma questão social, política, religiosa e precisa ser debatida com toda a sociedade. A liberdade religiosa é um direito de todos e garantido constitucionalmente. Exigimos o máximo de averiguação sobres os casos e respostas imediatas do poder público!!!", pediu.

De acordo com relatos que estão circulando nas redes sociais, a invasão do terreiro teria ocorrido por traficantes que se intitulam “bandidos de Jesus’.

Segundo visitantes, o terreiro em questão existe há muitos anos no local e é conhecido por sua forma acolhedora e por ajudar aos necessitados, como, por exemplo, descreve um internauta na postagem do Facebook: "eu cresci pegando doces lá. A dona ajudava muitas famílias doando cestas básicas. Lamentável que tenham feito isso".

(Foto: reprodução/Facebook)

(Foto: reprodução/Facebook)

As polícias Militar e Civil não informaram se foram acionadas para o caso e nem se há uma investigação em andamento, de acordo com o site O dia.

Atualizado às 10h39.



Publicidade