Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    “Fake News”: Rosângela Reis desmente boato sobre voto a favor do aumento de ICMS em combustíveis

    Na data de hoje foi colocado o aumento do imposto nas refinarias pela Petrobrás

    Por Plox

    12/08/2021 22h09 - Atualizado há 11 meses

    Na tarde desta quinta-feira (12), a assessoria da deputada estadual, Rosângela Reis (Podemos), divulgou uma nota de esclarecimento desmentindo o boato compartilhado nas redes sociais de que ele teria votado a favor do aumento do ICMS sobre os combustíveis. 

    “Novamente os praticantes da má política, que se escondem atrás de computadores, incapazes de se manifestarem à luz da democracia, utilizam de táticas que não mais convencem o povo. A informação correta é que, definitivamente, Rosângela não votou para aumentar o ICMS dos combustíveis”, diz parte da nota.

    Foto: Divulgação

     

    Na data de hoje foi colocado o aumento do imposto nas refinarias pela Petrobrás. O anúncio foi feito pela estatal ontem (11) e o valor vai subir de R$ 2,69 para R$ 2,78. Já o Diesel não terá reajuste.

    Na votação no plenário da Assembleia Legislativa, de acordo com sua assessoria, a deputada estadual Rosângela Reis votou sim para facilitar o Estado a reaver os créditos. No entanto, nos destaques de aumento de impostos, votados em separado, Rosângela votou não para elevar o ICMS de combustíveis. Ela votou sim para apenas um dos destaques, a de aumento de impostos de produtos importados pelos Correios, por entender que a medida beneficia e protege a indústria mineira e nacional.

    Veja a nota na íntegra:

    Circula na internet uma notícia mentirosa e manipuladora que tenta enganar a população ao afirmar que a deputada Rosângela Reis (Podemos) votou a favor de um projeto que aumentava o ICMS sobre os combustíveis, em Minas Gerais. Novamente os praticantes da má política, que se escondem atrás de computadores, incapazes de se manifestarem à luz da democracia, utilizam de táticas que não mais convencem o povo. A informação correta é que, definitivamente, Rosângela não votou para aumentar o ICMS dos combustíveis.

    Para azar dos manipuladores é possível consultar nos anais da Assembleia que, no dia 01/06/2017, a Casa votou o projeto de lei 3397/2016, que tratava sobre a regularização do pagamento de dívidas tributárias para o Estado reaver os créditos que possuía com os contribuintes. No entanto, o PL também aumentava as alíquotas de ICMS sobre combustíveis.

    Na votação no Plenário, a deputada estadual Rosângela Reis votou SIM para facilitar o Estado a reaver os créditos. No entanto, nos destaques de aumento de impostos, votados em separado, Rosângela votou NÃO para elevar o ICMS de combustíveis. Ela votou sim para apenas UM dos destaques, a de aumento de impostos de produtos importados pelos Correios, por entender que a medida beneficia e protege a indústria mineira e nacional.

    “Tenho uma vida de luta e trabalho pelo povo de Minas”. Desde nova, sempre tive de lutar contra as adversidades. Na política, infelizmente, ainda precisamos combater a desinformação criadas por verdadeiros criminosos que tentam desestabilizar um mandato responsável. Por fim, deixo meu mandato à disposição do povo, como sempre esteve”, disse a deputada.


     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]