Jovem encontrada morta pode ter sido agredida antes do assassinato

Corpo foi encontrado com lesões, parcialmente queimado e com pedaços de madeira

Por Plox

12/09/2019 10h14 - Atualizado há mais de 4 anos

A jovem Aline Silva Dantas, de 19 anos, pode ter sido agredida antes de morrer na cidade de Alumínio (SP). O corpo dela foi encontrado em roupas nessa quarta-feira, 11 de setembro, com lesões, parcialmente queimado e com pedaços de madeira. Não há sinais de que Aline tenha sofrido abuso sexual, mas a hipótese não é descartada pela investigação.

Ao sair para comprar fraldas para a filha de quase 2 anos, ela desapareceu no domingo, em uma região de mata, local em que ela já fazia normalmente para o retorno para casa, quando ia para a área de comércios. Cães farejadores foram usados para localizar a jovem, segundo a delegada Luciane Bachir, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG). A família identificou o corpo e o caso é tratado como homicídio e não mais desaparecimento.

Corpo foi encontrado em Alumínio tinhas lesões e queimaduras Reprodução/Facebook

Aline saiu para comprar fraldas e não voltou mais para casa- Foto: Facebook/Reprodução

Nenhum suspeito foi identificado até o momento, mas segundo a delegada, "estamos apurando todas as informações sobre quem passa por aquele local”.
 

Atualizada às 11h25

Destaques