Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Vídeo mostra motociclista passando a mão no corpo de mulher que corria em rua

    Crime é tipificado como importunação sexual que tem pena de reclusão de 1 a 5 anos

    Por Plox

    12/10/2021 17h22 - Atualizado há 6 dias

    Uma mulher foi vítima de importunação sexual na última quinta-feira (7). Câmeras de segurança flagraram o momento em que um motociclista passou a mão no corpo da vítima enquanto ela corria em uma rua.

    O crime ocorreu no bairro Jardim Alvorada, na cidade de Maringá, no norte do Paraná. Em entrevista ao G1, a mulher que não quis se identificar disse que fez um boletim de ocorrência.

    Vítima corria na rua e foi surpreendia pelo motocilista. Foto: reprodução

     

    "Quando eu vi que a luz estava se aproximando, eu já achei que era algo estranho. Eu não entendi logo de cara, demorei um segundo para entender. Eu comecei a gritar. Eu xinguei ele e ele saiu. Eu fiquei com muita raiva, muito horror, muito nojo", disse.

    A vítima contou que, geralmente, ela corre junto a um grupo de corrida três vezes por semana, contudo, nesse dia, estava sozinha.  "Eu fico pensando quanto tempo ele ficou planejando fazer isso. Essa sensação fica voltando na minha mente. E o pior é ter a certeza de saber que não será a última vez que isso vai acontecer", afirmou ao G1.

    Veja o vídeo:

     

    A importunação sexual se tornou crime desde 2018 e consiste em qualquer ato libidinoso praticado contra alguém sem a autorização da vítima. 

    “Art. 215-A. Praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro:

    Pena - reclusão, de 1 (um) a 5 (cinco) anos, se o ato não constitui crime mais grave.”

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]