Grande eclipse das Américas" oferece espetáculo celestial no Brasil e em outros países

A experiência, que irá escurecer o céu em uma trajetória que se estende do norte ao nordeste brasileiro, poderá ser observada de modo parcial ou anular, dependendo da localização

Por Plox

12/10/2023 20h37 - Atualizado há 9 meses

No sábado, 14 de outubro, os céus brasileiros serão palco do fenômeno denominado "Grande Eclipse das Américas". O evento astronômico, visível em diversos países do continente, ocorre quando a Lua se interpõe entre a Terra e o Sol, formando um deslumbrante "anel de fogo" em torno de sua borda. Embora o fenômeno seja perceptível em todo o Brasil, a observação variará entre parcial e anular, dependendo da localidade.

Foto: Pexels

O eclipse anular, marcado pela formação do "anel de fogo", será testemunhado em nove estados brasileiros do Norte e Nordeste, enquanto outras regiões do país observarão o evento de forma parcial. Dados do Observatório Nacional, uma unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, indicam que o fenômeno deve iniciar por volta das 15 horas, horário de Brasília.

Uma Viagem pelo Espaço-Tempo

A faixa de anularidade, a região que testemunhará o eclipse em seu máximo esplendor, percorrerá diversos países. Além do Brasil, Estados Unidos, México, Belize, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Costa Rica, Panamá e Colômbia também farão parte dessa experiência celestial.

O "Grande Eclipse das Américas" terá sua odisseia nas primeiras cidades brasileiras, como Tefé no Amazonas, atingindo seu ápice por volta das 15h11. Outras localidades terão horários distintos para o fenômeno, que terá sua trajetória disponibilizada online para aqueles que desejam acompanhar sua progressão através do continente.

Observação e Segurança: Um Olhar Seguro ao Céu

A observação do eclipse requer precauções específicas para garantir uma experiência segura a todos os entusiastas do espaço. O olhar direto ao Sol, mesmo durante o evento astronômico, pode causar danos irreversíveis à retina. Para observação direta, são necessários instrumentos ou filtros adequados, como o filtro de soldador número 14, certificado pela ISO 12312-2, garantindo uma visualização segura, ainda que por um período curto.

A alternativa segura reside na observação indireta, sem a utilização de instrumentos ópticos e por meio de projeções. Adicionalmente, a transmissão online do fenômeno, facilitada por entidades como o Observatório Nacional em parceria com Time and Date, permitirá que o evento seja apreciado com segurança e conforto a partir das nossas casas.

Considerações Finais

O "Grande Eclipse das Américas" se junta a uma lista de eventos astronômicos que marcam o tempo e o espaço de nosso cotidiano, nos lembrando da grandiosidade do universo que nos cerca. Ainda que momentâneo, o fenômeno trará consigo a oportunidade de apreciação e estudo, unindo nações em uma experiência simultânea e inesquecível sob o mesmo céu.

Destaques