Incêndio florestal causado por tentativa de fazer café em fogueira

Dezenas de famílias desalojadas, mas sem feridos registrados; autoridades exigem punição rigorosa ao responsável

Por Plox

12/10/2023 19h54 - Atualizado há 9 meses

Na última terça-feira (10), um incêndio florestal que teve início em uma área de pastagem do Vale de Punilla, Córdoba, provocou a evacuação e a destruição de casas em diversas localidades da região centro-oeste da província argentina. Áreas em Cabalango, Cuesta Blanca, Icho Cruz, Mayú Sumaj, San Antonio de Arredondo, Tala Huasi e Villa Carlos Paz também foram impactadas pelo fogo, que apenas foi controlado no dia seguinte. Embora não haja relatos de feridos, as perdas materiais ainda estão sendo calculadas, e a região permanece em estado de alerta.

 

Causa e Confissão

O fogo, que se espalhou rapidamente devido à secura, altas temperaturas e vento, teve início em uma fogueira descontrolada. Um homem de 27 anos, cuja identidade foi preservada, confessou, segundo o jornal argentino Clarín, ser o responsável por acender a fogueira com o intuito de ferver água para café. O indivíduo foi preso e aguarda as medidas legais pertinentes ao caso.

 

Resposta das Autoridades

Juan Schiaretti, o governador de Córdoba, que também está na corrida presidencial para as eleições de 2024, expressou sua indignação em declarações à imprensa. Schiaretti enfatizou a gravidade do incidente e expressou sua esperança de que "todo o peso da lei" seja aplicado ao responsável. "Foi quase uma catástrofe. As pessoas tiveram que ser retiradas, as casas pegaram fogo. Felizmente, não temos que lamentar perdas humanas", afirmou, destacando o alívio pela ausência de vítimas, mas reconhecendo a gravidade do ocorrido.

Destaques