Alexandre Correa pede desculpas após ser acusado de agressão por Ana Hickmann

Discussão entre o casal resulta em boletim de ocorrência; Correa nega agressão e afirma que o incidente foi isolado

Por Plox

12/11/2023 18h56 - Atualizado há 8 meses

Alexandre Correa, empresário e marido da apresentadora Ana Hickmann, se manifestou nas redes sociais após ser acusado de lesão corporal e violência doméstica. A acusação partiu de Hickmann, que registrou um boletim de ocorrência na delegacia de Itu, no interior de São Paulo, na tarde de sábado (11), após uma discussão entre o casal.

Foto: divulgação

Correa, que anteriormente havia negado a acusação, reconheceu o desentendimento em sua postagem no Instagram. Ele descreveu o episódio como um "desentendimento isolado" e negou ter causado qualquer dano físico a Hickmann. "De fato, tive um desentendimento com minha esposa, uma situação absolutamente isolada, que não gerou maiores consequências", explicou Correa, refutando as acusações de ter dado uma cabeçada na apresentadora.

O empresário também aproveitou a oportunidade para pedir desculpas à sua família: "Peço minhas mais sinceras desculpas a toda a minha família pelo ocorrido. São 25 anos de matrimônio, sem que tivesse qualquer ocorrência dessa natureza."

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo confirmou que os fatos estão sendo investigados, mas manteve a discrição quanto aos detalhes do caso, respeitando sua natureza privada. No boletim de ocorrência, Hickmann detalhou a discussão, alegando que Correa a pressionou contra a parede e ameaçou agredi-la. Ela relatou ter fugido para a área externa da casa para chamar a polícia, momento em que seu braço esquerdo foi ferido ao ser prensado por uma porta.

Após o incidente, Hickmann procurou atendimento médico e, em seguida, foi à delegacia para registrar o boletim de ocorrência, sem solicitar medida protetiva. Em uma nota divulgada mais cedo, a apresentadora agradeceu o apoio dos fãs e informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que estava em casa, bem e sem maiores danos físicos.

O caso segue em investigação, e novos detalhes podem ser revelados conforme a apuração avança.

 

 

 

Destaques