Entre lágrimas, Andressa Urach revela seu início na prostituição

Em desabafo emocionado, ex-panicat compartilha trajetória de superação e decisões difíceis, incluindo doação de grande valor para igreja.

Por Plox

12/12/2023 18h21 - Atualizado há 4 meses

Andressa Urach, modelo e ex-panicat, emocionou-se ao compartilhar em suas redes sociais lembranças de seu início na prostituição. Durante uma interação com seguidoras no Instagram, onde presenteou duas delas, Urach relembrou os desafios enfrentados aos 21 anos, incluindo a dificuldade de prover necessidades básicas para seu filho.

"Estou muito emocionada com esses dois relatos, porque quando eu tinha 21 anos, não tinha leite para dar para o meu filho e eu fiquei com muita raiva e eu comecei a me prostituir para pagar as minhas contas e poder dar uma vida melhor para o meu filho", desabafou Urach, visivelmente emocionada.

A ex-panicat também recordou uma fase de sua vida em que doou uma quantia significativa, R$ 2 milhões, para uma igreja, e as consequências dessa decisão. "E, nesse passar dos anos todos, eu acabei colocando muita raiva do meu coração. Quando eu perdi tudo para a igreja, que eu pedi ajuda e eles falaram que não, eu fiquei com muita mágoa no meu coração", explicou. Ela mencionou ainda que, mesmo após solicitar parte do dinheiro de volta, teve seu pedido negado.

Esse episódio marcou o início de outra crise financeira em sua vida, semelhante à vivida na adolescência. "Eu disse: ‘Não acredito, depois de tudo que eu cheguei até aqui e eu vou ter que recomeçar do zero’. Eu tive que abandonar a minha família e eu cheguei a duvidar da existência de Deus quando eu tinha 21 anos. Quando aconteceu de eu entrar para a prostituição por que a minha família era crente. Foi uma escolha minha e eu mudei a minha vida", concluiu Urach, refletindo sobre as adversidades e escolhas feitas ao longo de sua trajetória.

Destaques