Cantor é detido por dívida de pensão momentos antes de show em Minas Gerais

Polícia age baseada em denúncia, cumprindo mandado de prisão por inadimplência de pensão alimentícia antes da apresentação de Carnaval.

Por Plox

13/02/2024 09h14 - Atualizado há 2 meses

Um artista de 39 anos foi capturado pela Polícia Militar imediatamente antes de sua performance em uma celebração carnavalesca em Itamarati de Minas, na Zona da Mata, no último sábado. A operação policial foi motivada por um mandado de prisão emitido devido ao não pagamento de pensão alimentícia, segundo informações fornecidas pela autoridade local.

Foto: Reprodução/Facebook/Prefeitura de Itamarati de Minas

Detenção Precedendo a Apresentação

Conforme relatos da Polícia Militar, a ação para localizar o cantor se iniciou após recebimento de uma denúncia apontando a existência de um mandado de prisão ativo contra ele. Os oficiais conseguiram identificar e deter o artista no local onde ocorreria o evento, levando-o subsequentemente para a delegacia de plantão de Leopoldina, na mesma região.

Origem do Mandado de Prisão

Investigações apuraram que o mandado fora expedido pela Comarca de Cataguases, como consequência direta da falha do indivíduo em cumprir com suas obrigações relativas à pensão alimentícia. Esse tipo de mandado é comumente emitido quando há atrasos significativos ou falta de pagamento da pensão destinada ao sustento de filhos ou dependentes.

Continuidade do Evento

Apesar da ausência do vocalista detido, o grupo musical ao qual pertence prosseguiu com a apresentação conforme planejado, assegurando a continuação das festividades de Carnaval para o público presente.

Destaques