Jornalista morre vítima de incêndio em MG

Thiago Faria de Pupo Nogueira era fundador da Folha de Barbacena e morreu após quase um mês internado

Por Plox

13/04/2020 09h54 - Atualizado há cerca de 4 anos

Nesse domingo (12), morreu Thiago Faria de Pupo Nogueira, jornalista, publicitário e fundador do jornal Folha de Barbacena, que estava internado há quase 30 dias, após ficar ferido em um incêndio no dia 15 de março, que atingiu o prédio onde ele morava. A filha do jornalista, de 4 anos, morreu na hora.

O suspeito, segundo o jornal O Tempo, que teria confessado o crime, foi preso em flagrante no dia 16 de março. Ele teria incendiado o carro da ex-mulher, na garagem do prédio.

O fogo se alastrou pelo edifício e atingiu o apartamento de Thiago. A filha dele, de 4 anos, morreu na hora. Veja a reportagem (clique aqui).

 

thiagoThiago estava há quase um mês internado. Ele teve 70% do corpo queimado. Foto: reprodução/Facebook
 

Thiago foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, com queimaduras em 70% do corpo, porém, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Além de Thiago, 28 pessoas foram socorridas pelos bombeiros, sendo 11 encaminhada ao hospital.

O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.
 

Destaques