Publicidade

Atlético tem dívida de aproximadamente R$ 700 milhões, diz presidente

13/05/2020 10:47

R$ 230 milhões são de ordem tributária, alinhada à adesão do Profut

Publicidade

O Atlético contratou a empresa Ernst & Young para realizar um diagnóstico financeiro das dívidas do clube. No total, foram somados cerca de R$ 700 milhões, sendo que R$ 230 milhões são de ordem tributária, alinhada à adesão do Profut.

“A dívida do Atlético, hoje, gira em torno de R$ 450 milhões, mais a dívida tributária, que gira em torno de R$ 230 milhões. A dívida do Atlético beira os R$ 700 milhões. A dívida tributária, que foi feita [a renegociação] pelo Profut”, relatou o presidente Sérgio Sette Câmara, ao Canal do Nicola.

galo 16Foto: Divulgação Atlético
 

O presidente ainda explicou que a arrecadação da venda de Bernard, em agosto de 2013 [cerca de 25 milhões de Euros], foi utilizada para abater parcelas do Profut até janeiro de 2021.

“Entramos no Profut, e aí houve reduções naturais de quem aderir ao parcelamento. O Atlético deixou de pagar as primeiras parcelas, durante dois, três anos, e só volta a pagar em janeiro de 2021, porque houve, na época da venda do Bernard, um bloqueio por parte da Justiça Federal, a pedido da Procuradoria da Fazenda, e uma parte do dinheiro do Bernard foi bloqueado, e o Atlético não teve como ter acesso a esse valor, e aí foi uma negociação bem feita pelo nosso departamento jurídico que, ao invés de deduzir da dívida tributária do clube, fez uma antecipação das parcelas de 2015, foi fechado na época que o Daniel [Nepomuceno] era o presidente do clube. De 2015 até 2021 sem o pagamento da parcela, que é um parcelamento muito longo. Esse é o endividamento do clube”, finalizou Sérgio.
 



Publicidade