Drama após parto: mãe perde membros devido à sepse severa

Incidente trágico na Inglaterra evidencia os riscos da sepse pós-parto

Por Plox

13/05/2024 18h49 - Atualizado há cerca de 1 mês

Uma tragédia inimaginável ocorreu com uma mãe de 29 anos na Inglaterra, que perdeu ambas as pernas, um braço, uma mão e dedos de outra mão após o parto de gêmeos. Khedidja Teape, que já tinha dois filhos, passou por complicações graves decorrentes de uma infecção de sepse pós-parto, uma condição médica extremamente séria e potencialmente letal.

O parto ocorreu sem problemas aparentes no sudoeste de Londres, com Teape e os gêmeos recebendo alta um dia após o nascimento. No entanto, a recuperação em casa rapidamente se complicou. Teape relatou ao "The Sun" que começou a sentir fortes dores estomacais logo após o parto, as quais inicialmente foram atribuídas ao parto normal pelas parteiras. A situação piorou com o surgimento de vômitos e diarreias, levando Teape a temer pela própria vida.

Foto: Reprodução The Sun whatsapp 

Após ser internada na UTI do hospital onde deu à luz, foi diagnosticada com sepse e submetida a uma cirurgia emergencial para drenar um abscesso uterino. Infelizmente, a gravidade da infecção levou à amputação dos membros para salvar sua vida. Teape, agora adaptada à nova realidade, expressa gratidão por estar viva e poder cuidar de seus filhos, enfatizando o quão preciosa é a vida, apesar dos desafios extremos enfrentados.

Sepse pós-parto: um risco significativo

A sepse, segundo a Fiocruz, é uma condição crítica que pode advir de infecções relacionadas ao parto, como corioamnionite e infecção puerperal, ou de outras infecções. É uma das principais causas de mortalidade materna globalmente, responsável por cerca de 260 mil mortes anuais. Os riscos variam significativamente entre países desenvolvidos e em desenvolvimento, sendo fatal em muitos casos.

Destaques