Vídeo: vereador conta porque matou prefeito a tiros em Naque

13/07/2019 14:19

Segundo o vereador, ele chegou a cavalo no local, onde ele tem um terreno, e foi agredido pelo prefeito

Publicidade

Após ser preso pela Polícia Militar, o vereador Marquinho do Depósito, apontado como autor do assassinato do prefeito de Naque-MG, Hélio da Fazendinha, informou em entrevista que sua ação foi em legítima defesa.

Segundo o vereador, ele chegou a cavalo no local, onde ele tem um terreno, e foi agredido pelo prefeito. "Eu tomei uma coça dele, de taca de animal. Hoje não é dia de máquina trabalhar lá. Eu fui conversar com ele e eu estava em cima do animal e ele conseguiu me dominar. Ele pegou a taca e começou a me dar tacada, me machucando todo. Como eu estava armado, infelizmente eu fiquei com medo do chicote passar para uma arma e me defendi", afirma Marquinho do Depósito.

Foto: Reprodução Vídeo20150906123808 0

Perguntado se a briga vinha já de algum tempo, o vereador disse ser adversário político do prefeito. "Eu sou adversário dele lá, na política", finalizou e adentrou na delegacia.

Conforme apurou o PLOX, o vereador foi localizado em Governador Valadares, por volta de 11h da manhã. Ele portava um revólver calibre 38, possivelmente utilizado no crime, no momento da abordagem policial. Ele foi encaminhado ao hospital de GV para cuidar de ferimentos provocados no momento da discussão com o prefeito momentos antes do crime.

Vídeo enviado ao WhatsApp do PLOX



Publicidade