Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Homem é preso por matar o próprio amigo com sete tiros em Belo Horizonte

    De acordo com a delegada Michelle Campos, a motivação seria o fato de o investigado suspeitar que a vítima fatal teria hackeado uma página digital dele

    Por Plox

    13/07/2021 23h14 - Atualizado há 2 meses

    Um crime cometido por motivo fútil e sem dar chances de defesa para a vítima. Assim a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu as investigações sobre a morte de um jovem, de 26 anos, ocorrida no dia 2 de abril deste ano, no bairro Granja de Freitas, em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Um amigo da vítima, também de 26 anos, é apontado como responsável pelo homicídio, motivo pelo qual foi indiciado.

    De acordo com a delegada Michelle Campos, a motivação seria o fato de o investigado suspeitar que a vítima fatal teria hackeado uma página digital dele. No dia do crime, a vítima foi surpreendida em via pública, quando repentinamente o suspeito efetuou vários tiros contra ela, atingindo-a com sete disparos. Ainda durante a ação, o suspeito feriu acidentalmente outro amigo, que acompanhava a vítima fatal.

    Foto: Divulgação/PCMG

     

    Levantamentos indicam que vítima e suspeito mantinham uma relação de amizade há muitos anos. “O crime gerou uma grande comoção na localidade onde ocorreu, pois a vítima era um jovem querido por sua vizinhança, sendo que o investigado, desde a data do fato, não retornou mais ao bairro onde vivia e, no momento, encontra-se em local incerto e não sabido”, conta Michelle.

    O suspeito foi indiciado por homicídio duplamente qualificado consumado e por homicídio tentado, sendo os autos encaminhados à Justiça com representação pela prisão preventiva. As investigações foram coordenadas pela 5ª Delegacia Especializada de Investigação de Homicídios, do Departamento Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]