Ex-policial militar condenado por matar jovem em Ipatinga, em 1995, é preso na Inglaterra

Na época do crime, ocorrido há cerca de 26 anos, o homem atirou e matou um jovem após terem um desentendimento na porta de uma casa noturna, no bairro Bethânia

Por Plox

13/07/2022 09h37 - Atualizado há cerca de 2 anos

Após um crime ocorrido no dia 1 de outubro de 1995, um ex-cabo da Polícia Militar, de 55 anos, foi condenado pelo Tribunal do Júri de Ipatinga e foi preso em Westminster, na Inglaterra. Na época do crime, ocorrido há cerca de 26 anos, o homem atirou e matou um jovem após terem um desentendimento na porta de uma casa noturna, no bairro Bethânia.

No dia 15 de julho o condenado terá uma audiência de extradição, para posterior envio do extraditando ao Brasil a fim de cumprir a pena imposta pela Justiça brasileira.

A prisão acontece após requerimento do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da 11ª Promotoria de Justiça de Ipatinga, ao Juízo da Vara do Júri e Execuções Penais da comarca, que deferiu a chamada difusão vermelha, um mandado de prisão internacional.

Foto: Marcelo Augusto/Plox

 

O homem foi condenado pela prática de homicídio qualificado com pena de 12 anos de reclusão em regime inicial fechado. O sentenciado, porém, permaneceu foragido durante todo esse tempo e foi localizado graças à atuação conjunta do MPMG, Polícia Federal e da Interpol.  

Ele foi denunciado e condenado por atirar e matar Geraldo Ângelo Filho, de 25 anos, com quem teve um desentendimento numa casa noturna da cidade, na avenida Gerasa, no bairro Bethânia.
 

Destaques