Ator que participou de clipe de Katy Perry a acusa de assédio sexual

13/08/2019 12:28

Josh Kloss atuou junto da artista em 'Teenage Dream' e fez longo relato no Instagram sobre o caso

Publicidade

O ator Josh Kloss acusou a cantora pop Katy Perry de assédio sexual. A denúncia foi feita pelo ator em seu Instagram, quando o clipe ‘Teenage Dream’, em que atuou junto da cantora, fez aniversário de nove anos. Ele escreveu um longo relato sobre os supostos assédios e fez até um vídeo-resposta para a artista.

Josh contou como conheceu a cantora e que apesar dela o ignorar no set de gravação e afirmar que o beijar ‘era nojento’, ele deu tudo de si por aquele trabalho. Ele iniciou o relato: "Você sabe. Depois que eu conheci a Katy, nós cantamos uma música de adoração, 'Open The Eyes of my Heart'. Ela era legal e gentil. Quando outras pessoas estavam por perto, ela era fria como o gelo, e até mesmo disse para todo o set ouvir durante as filmagens, que me beijar era 'nojento'. Eu fiquei muito envergonhado, mas continuei dando tudo de mim, já que minha ex estava ocupada me traindo e minha filha era apenas uma criança, eu sabia que tinha que suportar tudo aquilo por ela". 

Katy Perry foi acusada de assédio por ator que participou de videoclipe - Reprodução/Youtube
Katy Perri e Josh Kloss em Teenage Dream- Foto: Reprodução

O artista continuou, comentando sobre as reais intenções de Katy: "Após o primeiro dia de filmagem, Katy me convidou para um clube de strip em Santa Barbara. Eu recusei e disse a ela 'eu tenho que voltar para o hotel e descansar, porque esse trabalho é tudo que tenho agora'". Josh continuou as explicações: "Eu vi Katy algumas vezes depois que ela terminou com (o ex-marido) Russel. Uma vez eu levei uma amiga que estava morrendo de vontade de conhecê-la. Quando eu a vi, nos abraçamos e ela ainda era minha crush. Mas quando me virei para apresentar minha amiga, ela puxou meu moletom e minhas roupas íntimas o máximo que pôde para mostrar meu pênis para alguns de seus amigos e às pessoas ao nosso redor. Vocês conseguem imaginar o quão patético e envergonhado eu me senti?".

Mulheres nojentas

"Digo isso agora porque nossa cultura está voltada para provar que os homens em situação de poder são perversos. Mas as mulheres com poder são tão nojentas quanto. Então, para todo o bem dela, ela é uma líder incrível, as músicas dela são grandes hinos de empoderamento. E é isso. Continuei a observá-la usando cenas de seus clipes em sua turnê mundial e depois seu DVD, destacando apenas um de seus colegas de elenco, e era eu. Eu ganhei cerca de US$650 (cerca de R$ 2,6 mil) no total por 'Teenage Dream'. Os representantes dela demandavam que eu não discutisse nada sobre Katy publicamente. Em algumas entrevistas eles editavam e respondiam por mim".

A última parte do que escreveu no Instagram, fala que não a daria mais apoio: "Então, feliz aniversário para um dos trabalhos mais confusos, assaltantes e depreciadores que já fiz. Na verdade, eu ia tocar a música e cantar no ukelele para comemorar, quando quando fiz isso, pensei, f*da-se, eu não vou ajudar a imagem de merd* dela por mais nenhum segundo".

Katy Perry responde

Às acusações, a cantora apenas perguntou: "Não podemos ser apenas gentis e bons? Por que isso é tão difícil?". Ele fez um vídeo-resposta, onde encerrou o assunto: "Vocês escutam milhões de vezes que homens são o mal desse planeta. Enquanto isso, você sabe que o poder engrandece o que é mais corrupto nas pessoas, independente do gênero. Amigos, estou colocando nós dois sob os holofotes para trazer luz ao assunto. Não quero dinheiro com isso. Não quero fama, por essa razão engoli isso por anos e continuei apoiando a marca de 'Teenage Dream'. Mas esse aniversário e o passar do tempo me fizeram perceber que agora é a hora de finalmente botar isso para fora e deixar ir. Não aguento mais um dia ouvindo 'Como era com a Katy Perry?'", finalizou o ator.


 



 

 

Atualizada às 13h38



Publicidade