Ipatinga

saúde

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Homem morre após complicações da 'doença do pombo' em Ribeirão Preto

    Segundo a mãe, a vítima não tinha nenhum problema de saúde até ser acometido com a criptococose

    Por Plox

    13/09/2019 13h41 - Atualizado há cerca de 2 anos

    Um homem morreu aos 38 anos após contrair criptococose, conhecida como ‘doença do pombo’. A vítima era Anderson Cleiton Antunes, morador de Taquaritinga (SP). Ele foi levado ao Hospital São Francisco, em Ribeirão Preto, mas não resistiu e foi a óbito no dia 3 de setembro, por conta de complicações da doença.

    Anderson trabalhava em um escritório em Ribeirão Preto e segundo a família, na sala dele, pombos faziam ninho em um ar condicionado, o que pode ter levado o taquaratinguense a contrair a enfermidade.

    doença do pombo

    Anderson passou a conviver com complicações da doença desde o ano passado- Foto: Rede social/Reprodução

    Ele não tinha nenhum problema de saúde até ser acometido com a criptococose, quando passou a sofrer com a doença desde agosto do ano passado, sentindo dores de cabeça e sofrendo diarreias e vômitos. A informação é da mãe, Marcia Azevedo Michelutti. “Meu filho acabou perdendo 80% da audição em um de seus ouvidos. Ele havia se curado da doença, mas os fungos alcançaram seu sistema neurológico, deixando lesões cerebrais que não conseguimos vencer”, informou.

    Para evitar contrair a doença, algumas medidas são necessárias, segundo o Ministério da Saúde:

    - Retirar ninhos e ovos
    - Umedecer as fezes dos pombos com desinfetante antes de varrê-las
    - Utilizar luvas e máscara ou pano úmido para cobrir o nariz e a boca ao fazer a limpeza do local onde estão as fezes
    - Vedar buracos ou vãos entre paredes, telhados e forros
    - Colocar telas em varandas, janelas e caixas de ar condicionado
    - Não deixar restos de alimentos que possam servir aos pombos, como ração de cães e gatos
    - Utilizar grampos em beirais para evitar que os pombos pousem
    - Acondicionar corretamente o lixo em recipientes fechados
    - Nunca alimentar os pombos
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]