Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Denúncia anônima termina com prisão de um dos homens mais procurados de Minas

    Segue sendo procurado ipatinguense considerado um dos mais perigosos assaltantes do Brasil, conhecido como "Rei do Cangaço". Possui, pelo menos, 13 mandados de prisão em aberto

    Por Plox

    13/09/2021 21h13 - Atualizado há 7 dias

    Um dos 21 homens mais procurados de Minas Gerais, Bruno Vieira Januário da Silva, de 31 anos, foi preso em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, nesta segunda-feira (13).

    A detenção foi feita por militares do 35º Batalhão da Polícia Militar (PM). Segundo a corporação, Bruno foi preso após uma denúncia anônima feita ao Disque-Denúncia (181).

    Dados foram divulgados pela polícia. Foto: reprodução/ Sejusp

     

    Os agentes foram até o local informado, na manhã desta segunda, e foram impedidos de entrar no local. No entanto, os policiais fizeram um cerco e detiveram o procurado, que ainda tentou fugir, mas foi rendido.

    Brunin, como é conhecido, nasceu na capital, mas comandava o tráfico de entorpecentes no Aglomerado Palmital, em Santa Luzia. Além disso, há mandado de prisão em aberto contra ele por homicídio.

    Conforme a polícia, ele estava na lista dos mais procurados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (Sejusp).

    Segundo a pasta, o Disque-Denúncia tem o anonimato garantido, sendo que o denunciante não deve se identificar em nenhum momento. O serviço é destinado ao recebimento de informações dos cidadãos sobre crimes de que tenham conhecimento e possam auxiliar o trabalho policial.

    "Para denunciar, basta ligar, gratuitamente, para o número 181. O Disque Denúncia funciona com uma central de atendimento unificada, formada por profissionais treinados e capacitados que trabalham em regime de 24 horas para atender à população. Cada denúncia registrada é encaminhada para uma equipe de analistas composta por um integrante da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros", informou a Sejusp.

    Na lista dos 21 mais procurados no estado divulgada pela Secretaria de Justiça do Estado de Minas Gerais, Polícia Civil e Polícia Militar tem um ipatinguense. Márcio Carmo Pimentel, de 41 anos, conhecido como Ian, Branco ou Gordo, atua na modalidade criminosa do novo cangaço, participando de ataques violentos a bancos, carros-fortes e transportadoras de valores. Ele é considerado um dos mais perigosos assaltantes do país, conhecido como "Rei do Cangaço". O indivíduo possui, pelo menos, 13 mandados de prisão em aberto nos estados de Goiás, Mato Grosso, Bahia e Minas Gerais.

    Márcio Carmo Pimentel, de 41 anos, conhecido como Ian, Branco ou Gordo
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]