Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Ex-vendedor será indenizado após ter sido chamado de apelidos pejorativos pelo chefe em Minas

    Supervisor do trabalhador criticava rendimento do empregado, chamando-o de "derrotado", "fracassado" e "viadinho"

    Por Plox

    13/10/2021 16h45 - Atualizado há 15 dias

    Um ex-vendedor de consórcios será indenizado após ter sido chamado de "derrotado", "fracassado" e "viadinho" pelo supervisor em uma administradora de Belo Horizonte. O caso foi divulgado pelo Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais (TRT-MG) nesta quarta-feira (13).

    De acordo com o órgão, o trabalhador receberá R$ 3 mil por ter sido exposto com apelidos pejorativos e pela prática da empresa de expor a produtividade dos funcionários em um quadro.

    Decisão foi dada em segunda instância. Foto: reprodução/ Pixabay

     

    No formato, os "melhores" e os "piores" entravam em um "ranking", o que foi considerado abusivo pela Justiça. O nome da empresa não foi divulgado.

    Ainda conforme o TRT-MG, não ficou claro se havia a intenção de discriminar o ex-vendedor pela orientação sexual dele. No entanto, o juiz considerou a conduta "não menos inadequada e censurável" por isso.

    O relador do caso, desembargador Oswaldo Tadeu Barbosa Guedes, pontuou que a divulgação do desempenho dos trabalhadores é prática existente. Porém, afirmou que, no caso dessa empresa, ocorreu com constrangimento dos contratados.

    A decisão foi dada em segunda instância, mantendo a sentença dada pela 14ª Vara do Trabalho de BH.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]