Seminário qualifica organizações e profissionais que atuam com Direitos Humanos da Criança e do Adolescente

13/11/2019 18:21

Estiveram presentes representantes dos municípios da região Metropolitana do Vale do Aço

Publicidade

O teatro da Fundação Aperam Acesita recebeu na última semana o Seminário de Captação de Recursos. A iniciativa foi uma ação do projeto Capacitação em Projetos Sociais, realizado pela Fundação em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Timóteo, por meio de recursos do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Timóteo. 

A capacitação, iniciada em agosto deste ano, visa qualificar as organizações e profissionais que atuam no Sistema de Garantia de Direitos Humanos da Criança e do Adolescente de Timóteo em elaboração, monitoramento e gestão de projetos sociais, visando proporcionar conhecimentos técnicos e estratégicos para a captação de recursos. O seminário consistiu numa estratégia para oferecer aos participantes uma oportunidade de vivenciar o aprendizado, além de ampliar a oportunidade de participação a representantes de várias outras organizações e segmentos do Vale do Aço.

aperamFoto: Divulgação

"A captação de recursos viabiliza às organizações de interesse social investir nos desenvolvimentos de projetos sociais e na sua própria manutenção, visto que o mercado está exigindo cada vez mais que as mesmas sejam criativas e inovadoras nas formas de captar recursos. Trouxemos essa iniciativa com a ideia de contribuir para o fortalecimento do terceiro setor no Vale do Aço, reforçando a importância deste tema para a auto sustentabilidade das organizações sociais, considerando que muitas delas se sustentam com recursos externos”, frisa a coordenadora de projetos da Fundação Aperam Acesita, Neide Morais. 

O evento ainda trouxe como proposta levantar um debate sobre oportunidades e desafios da captação de recursos no Brasil, junto a representantes de organizações da sociedade civil, setor público, conselhos de políticas públicas e outros atores da política da criança e do adolescente e de outras políticas sociais.

Estiveram presentes representantes dos municípios de Timóteo, Coronel Fabriciano, Ipatinga, Bela Vista de Minas, Belo Oriente, Açucena, Santana do Paraíso, Marliéria, Caratinga, Ipaba, Imbé de Minas, Joanésia, Naque e Rio Piracicaba.  

A mesa do seminário contou com a presença de Thiago Alvim Camargo, Sócio-Fundador da Nexo Investimento Social e Prosas; Fabio Barbosa Ribas Junior - Consultor e Pesquisador em Políticas Públicas, autor de publicações e guias no terceiro setor, consultor do Edital Fundos da Infância e da Adolescência e outros editais da Fundação Itaú Social; Eliane Quaresma Caldeira de Araújo – Coordenadoria de Políticas para Crianças e Adolescentes da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social – SEDESE e contou com a mediação de Glecenir Vaz Teixeira - Consultora em Políticas Públicas e Elaboração de Projetos Sociais.

Conexão de quem investe e quem capta recursos na área social

Thiago Alvim é um dos sócios fundadores da Nexo Investimento Social e do site Prosas. Ambos os empreendimentos guiam o setor de investimentos sociais conectando patrocinadores e organizações na luta para captar recursos. 

“Eu e meu sócio, Bruno Barroso, trabalhávamos no Instituto Inhotim elaborando projetos e prospectando patrocinadores. A partir disso, vimos a oportunidade de otimizar e sistematizar o investimento social corporativo”, conta Thiago.

A Nexo – Consultoria Social,  é agência que tem como missão conectar e articular empresas, terceiro setor e governo de forma a gerar valor compartilhado e impacto social. O Prosas é uma plataforma de seleção e monitoramento de projetos sociais, que conecta patrocinadores, empreendedores sociais e cidadãos.

“Nosso ideal é ser uma ponte. Tanto a Nexo quanto o Prosas desenvolvem um trabalho de convergência, de elo entre quem investe e quem capta. Essa experiência tem gerado bons frutos na conexão entre cada ponta que hoje, geralmente, não dialoga”, destaca Thiago.
 



Publicidade